Vídeo Music Awards

Por , 13 de setembro de 2010 22:22

Confesso que não estava muito ansiosa para assistir à entrega do Video Music Awards (carinhosamente chamado de VMA), que aconteceu na noite de ontem. Mas, como a curiosidade matou o gato, não aguentei ver as milhares de tags na minha timeline comentando a premiação sem dar uma espiadinha.

A noite tinha tudo para ir bem: cenário bacana, número de abertura estiloso (mesmo com o look esquisito da Rihanna), Lady Gaga na plateia… Mas então surge a apresentadora: Chelsea Handler. Cá entre nós (e eu faço questão de frizar que é apenas minha opinião), ela pareceu perdida no palco, se esforçando além do possível para parecer engraçada. E não foi o que aconteceu. Foi forçado. E pareceu forçado.

Eu, na minha inocência de não saber o roteiro de apresentações, esperei ansiosamente pela diva da noite: Lady Gaga. Mas minhas esperanças foram vãs. Ela só subiu no palco para aceitar algumas das oito estatuetas que faturou.

Aliás, as apresentações surpreenderam. Umas para o bem, outras para… Bem, nem tão bem assim. Como já disse, gostei da apresentação do começo (mais porque tenho uma quedinha por “Love The Way You Lie”, do Eminem com a Rihanna, do que por qualquer outra coisa). Outro que provou estar em plena forma foi o Usher. Gostando ou não das músicas dele, tenho que reconhecer que o cara sabe dançar!

Linkin Park também deu o ar de sua graça e provou que ainda está na ativa. Não sei se a escolha do repertório foi muito feliz, mas para os fãs é sempre bom rever Mike Shinoda, Chester Bennington e Cia.

Pulei o Justin Bieber de propósito. Respeito os fãs, mas não tive paciência para ver a performance do garoto. Assim como a da Taylor Swift. Não é por nada… Até gosto de algumas uma música dela, mas em contraste com o emocionante episódio com o Kanye West do ano passado (para aqueles que sofrem de perda de memória recente, o rapper interrompeu a cantora enquanto ela agradecia o prêmio de melhor vídeo feminino para declarar seu apoio à Beyoncé – que não precisava de apoio nenhum), a apresentação foi beeeem sem sal.

Agora, não falo só por mim ao dizer que a grande surpresa da noite foi a performance da Florence and The Machine. O conjunto inglês não era lá muito conhcido, até que emplacou uma música na trilha sonora de um filme inexpressivo sobre vampiros, cujo ator ninguém lembra o nome (se você não está no clima para ironias, eu estou falando de Eclipse, da Saga Crepúsculo). A verdade é que eles arrasaram ao som de Dog Days Are Over!

Não sei se é o formato em si que já se esgotou, ou se é a overdose de rappers, ou mesmo meu estado de espírito, mas a impressão que tenho é de que o VMA deste ano não passou de mais do mesmo. Todos os momentos inesperados e surpreendentes do ano passado ficaram para trás e as diversas horas de premiação foram preenchidas por piadas sem graça e um ou outro momento de coisa verdadeiramente boa.

E você? O que achou?

#nowplaying Florence The Machine – Dog Days Are Over

Um comentário para “Vídeo Music Awards”

  1. Laura disse:

    Confesso que também não assisti….. Mas procurei pela roupa de carne da Lady Gaga e seus outros looks (bem mais bonitos e cheirosos do que a de carne).
    Até pensei em assistir, mas só de saber de o Justin Bieber e um mundo de rappers iria cantar, desanimei.

    [Responder]

Deixe uma resposta