Coluna K: Michael Jackson – Thriller

Por , 12 de maio de 2011 12:00

Olá, meu nome é Camila Gouveia e é com muita honra digo que sou a mais nova integrante do grupo Café com Blá Blá Blá! Nessa coluna eu vou falar sobre videoclipes, variando entre clipes clássicos e os que estão bombando por aí! Espero que gostem!

Pra começar uma coluna que fala sobre videoclipe, nada melhor que começar com ‘O’ clássico, o clipe que começou com isso de contar uma história e tornar a música ainda mais interessante: Thriller.

Juro que esse clipe fica ainda mais interessante depois de ler toda essa enciclopédia sobre ele abaixo.


Informações gerais:

Além da música Thriller, existe o álbum Thriller, que é o sexto de Michael Jackson e foi lançado em 1982 (MJ em si considerava Thriller seu SEGUNDO álbum, pois os outros solos não foram solos, mas ‘sobras’ de músicas que não queriam lançar com o Jacksons 5. Portanto contando por álbuns que ele efetivamente fez, Thriller foi o segundo). Pouco depois o álbum se tornou o mais vendido de todos os tempos (com vendas estimadas entre 100 e 110 milhões de cópias pelo mundo). Sete das nove canções do disco foram lançadas como singles, e todas chegaram ao Billboard Hot 100. Vale lembrar que ele era negro, o que torna tudo ainda mais incrível.

Um dos feitos mais incríveis dele, na minha opinião, foram os videoclipes. O álbum Thriller foi o primeiro a usar (com sucesso) o videoclipe como ferramenta promocional. Os clipes de “Thriller”, “Billie Jean” e “Beat It” foram exibidos inúmeras vezes na MTV, e foram considerados inovadores para a época tornando a sua coreografia tão famosa quanto Moonwalk. A parte onde os zumbis dançam definitivamente fica na memória. Até então os clipes não tinham tanto poder de divulgação (principalmente da musica pop) como tem hoje, mas o sucesso foi tanto, que tornou a música e o clipe um verdadeiro clássico.

Esse videoclipe é mais ‘vídeo do que clipe’ se considerar que tem quase 14 minutos de duração e a musica começa nos 4 minutos (sem contar os outros intervalos).
Figurino:

O lendário figurino do vídeo de Thriller foi criado por Deborah Landis. Na época Michael pesava apenas 45kg, com 66cm de cintura e um dos desafios estava em fazer o artista parecer mais “viril”, as ombreiras usadas na jaqueta fizeram isso, e virou moda nos anos 80.

Não preciso comentar que a maquiagem é ótima também, né? Criar zumbis nunca é muito simples, e a maquiagem completou o figurino perfeitamente. A cena em que ele se transforma também ficou muito legal, principalmente se levarmos em conta os recursos da época. Até hoje eu me assusto com o ‘Get away!!!!!’. Medonho.


Curiosidades:

– O single ecoou pelo mundo inteiro, era exibido a cada 40 minutos na MTV norte americana.
– O clipe foi preservado pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos no seu Registro Nacional de Gravações, por ser considerado “culturalmente significativo”.
– Em 2007 1.500 presos da província de Cebu resolveram filmar a coreografia de Thriller. A filmagem foi postada no YouTube, (pra quem quiser ver: http://www.youtube.com/v/hMnk7lh9M3o)

É isso aí, espero que vocês tenham gostado! Semana que vem vou falar sobre um mais atual!

 

Camila Gouveia cursou Rádio e Televisão, apaixonada por música, às vezes desligada, sempre detalhista.

5 comentários para “Coluna K: Michael Jackson – Thriller”

  1. Ivan Aranha disse:

    Muito bom!!!=)
    Parabénsssss!!
    Um clássico mesmo…
    Quero ver logo o da semana que vem!!! ahuuahhuahu

    besosss

    [Responder]

  2. Laís disse:

    Milaaaaa…. Ameiii sua coluna, fico muito legal, msm! Acho que o pessoal vai adorar.

    [Responder]

  3. Marpa disse:

    Parabéns Camila, belo post!

    Você sabia que aquela voz que faz uma narração no meio da música é do Vincent Price?

    A risada do final também é dele se não me engano.

    [Responder]

  4. JotaPluftz disse:

    Olha que estréia de classe!
    Esse não é um video clipe é ‘O’ pai de todos os outros!
    Michael Jackson foi um dos primeiros artistas a gravar video clipes e esse fez história.
    E a música virou hino…
    E eu ainda tenho o vinil! kkk

    bjs

    [Responder]

Deixe uma resposta