Blá-Blá-Blá Especial Halloween – O Halloween é uma ameaça para a nossa cultura?

Por , 28 de outubro de 2013 19:49

especial halloween

Eu sei que deve ter tido umas pessoas que podem ter olhado para o nosso tema do especial e pensado ‘Mas poxa o Halloween é um evento americano! Moramos no Brasil, tem que comemorar o dia das Bruxas, e não Halloween!’.

 

kids-halloween-costumes

Eu concordo que há algumas coisas que podem acabar prejudicando a nossa cultura em função de uma pressão de uma ‘moda’ de outros países, mas não acredito que o Halloween seja uma dessas datas.

Sim a data é tipicamente americana (apesar de ser celebrada nos mais diversos países), mas não podemos negar que com a modernidade e a globalização as distâncias entre as culturas vão ficando menor.

O filme Em Chamas da série Jogos Vorazes, vai estrear uma semana antes dos estados Unidos, as músicas hoje são lançadas mundialmente. A Thais da Mata, da equipe do blog, leu o último capitulo da série Divergente (Allegiant, em breve resenha) junto com todos os americanos. E se tudo isso é possível, poderíamos ficar imune de adquirirmos um ou dois costumes deles?

Lógico que sendo os EUA a potência ainda mais poderosa e dominante do mundo acabam sendo os mais copiados, mas não me importo de termos um pedacinho de cada país na nossa rotina. Eu certamente não vou reclamar da popularização do croissant (França), nem de cozinhas mais diferentes em até cidades do interior do país (Em Jundiaí tem até comida Tailandesa!).

Assim como adoro ver como a nossa cultura se expande por lá (sim, é triste ver o ‘Assim você me mata’, fazendo sucesso), mas entra no youtube em vídeos de Maria Rita ou outra cantora da MPB, e verá uma coleção de comentários nos mais diversos idiomas.

Houve até um projeto de lei com a intenção que dia 31 virasse o Dia do Saci,tudo para lutar contra ‘uma imposição americana’, na nossa cultura. Estranho, não vejo ninguém correndo para celebrar o Dia de Ação de Graças, nem o Valentine’s Day, muito menos o 4 Julho no nosso país. Vocês já viram?

Não! Porque o Halloween é uma ótima e adaptável festividade. Afinal, que mal pode fazer todo mundo se fantasiar e curtir uma noite mais divertida?

No meu bairro as crianças até passam pedindo doce no dia 31 , e após anos gritando da janela ‘Vocês estão no Brasil!’ esse ano não aguentei, e comprei um pacote de pirulito, para caso alguém aparecer.

Não acho que isso destrói a nossa cultura. Não acho que as crianças irão conhecer menos o Saci, a Mula sem Cabeça ou a Iara, se inserir outras tradições no cotidiano. A grande sacada não é bloquear o que vem de fora, mais sim, dar mais enfoque e atenção para aquilo que realmente importa.

Deixe uma resposta