Concurso Cultural:Café com Blá Bla Bla’s Favorite Things!

Por , 15 de dezembro de 2013 14:50

Promoção Encerrada: Veja o resultado aqui

Vocês não pensaram que o Café deixaria passar a chance de presentear os nossos leitores?

Banner Promo

A inspiração da nossa promoção de final de ano veio da Oprah, e esperamos que a sua reação seja parecida com essas!

Mas vamos ao que interessa! Uma só pessoa ganhará os seguintes presentes:

  • Um livro A Seleção e  um livro A Elite – Detalhe: Autografados pela Kiera Cass!
  • Box de DVDs O Melhor da Jane Austen: Orgulho e Preconceito, Emma, Razão e Sensibilidade e Persuasão.
  • Mimos de Londres, com direito a chaveiro e outras lembrancinhas.
  • Cesta com itens New Line

Para concorrer a todos esses presente e ganhar tudo sozinho, você só precisa curtir a página do Café com Blá Blá Blá no Facebook e responder uma única vez a seguinte pergunta nos comentários desse post até do dia 03/01/2014:

“O que foi ‘o melhor de 2013’ para você e por quê?”

A equipe do blog irá escolher a melhor resposta, e o felizardo vai começar 2014 com muita sorte e com um monte de presente!

Regras:

  1. Curtir a Página do Facebook do Café com Blá Blá Blá.
  2. O concurso cultural  tem validade de 15/12/2013 até das 23:59 do dia 03/01/2014. Respostas postadas fora dessa data serão desqualificadas.
  3. O resultado será postado no blog e divulgado nas redes sociais em 05/01/2013, o vencedor terá 3 dias para entrar em contato através do email cafecomblablabla@gmail.com, e após esse período, o sorteio será refeito.
  4. O ganhador receberá todos os itens em até 45 dias após o resultado, e poderá os receber separadamente.
  5. Só será aceito uma reposta por perfil e será considerada a primeira resposta postada.
  6. Caso tenhamos duas respostas idênticas, a segunda será desclassificada.

Atenção nas regras para não serem desclassificados e criatividade nas respostas!

 

20 comentários para “Concurso Cultural:Café com Blá Bla Bla’s Favorite Things!”

  1. Aline Saadia disse:

    O melhor de 2013 foi estar com meus amigos,ouvindo músicas,compartilhando estórias,navegando na internet,lendo livros,assistindo televisão,viajando,pois com as horas de união,eu aprendi que os momentos simples e cotidianos podem ser mais brilhantes do que os fogos de artifício do ano-novo.

    [Responder]

  2. Minhas leituras madrugada a dentro, pois através delas, conheci o melhor dos mundos, vivi histórias que outros imaginaram e pude ler as minhas emoções através de registros de outrem.

    [Responder]

  3. Beatriz Pinto Vanderlei disse:

    O melhor de 2013 foi eu ter passados dias e noites viajando, por mundos diferentes, conhecendo pessoas extraordinariamente perfeitas e aprendendo algo com elas por mais louco ou chato eu irei levar isso pra sempre,ter conhecido lugares que simplesmente me encantaram, ter querido loucamente viver o que meus olhos viam de pagina a pagina, e ter feito eu acreditar que ainda existe salvação pra humanidade para isso é só preciso lé,se encantar e viver aquilo. o melhor de 2013 pra mim foi ter lido livros.

    [Responder]

  4. Neia Arruda disse:

    Foram todas as viagens, leituras e momentos. Fatos, situações e acontecimentos. Amigos que fiz e amores que conquistei. Muitos vivos em mim, outros que não mais verei. O mais importante de tudo, foi viver com intensidade. Aproveitando o melhor da vida, que me ofereceu essa oportunidade.

    [Responder]

  5. Thais Pereira disse:

    Quando somos crianças, sonhamos. Quando crescemos, esquecemos dos sonhos de crianças e passamos a traçar objetivos (que não são sonhos). Sou feliz por não ter desistido do meu sonho de criança e no dia 19 de outubro de 2014 publiquei meu primeiro livro de poesias. Pensamentos de Outrora nasceu e trouxe consigo um pacote de coisas boas: amizades de diversas partes do mundo, amigos antigos que novamente aconchegaram-se, o “eu sabia que você iria conseguir” de pessoas queridas. Mas, sobretudo, nasceu para mostrar que não devemos nos esquecer: dos sonhos de criança.

    [Responder]

  6. O melhor de 2013 foi ter conhecido o Café com Blá Blá Blá. Estava em um momento muito difícil da minha vida, me sentindo vazia, passando por muitos problemas, até que descobri o site. Assim que comecei a ler as resenhas de livros e dicas de leituras, me interessei pelo mundo dos livros e resolvi ir atrás de alguns livros indicados aqui. Comecei a ler, sem grandes expectativas e me apaixonei pelo universo literário. É como se aquela parte dentro de mim que estava vazia, tivesse sido preenchida. O hábito da leitura me fez tão bem, a ponto de esquecer os meus problemas. Quando pegava um bom livro para ler, mergulhava naquela história e era como se, por algumas horas, pudesse viver em outro universo, outros personagens e outras realidades. Obrigada ao Café com Blá Blá Blá por ter me apresentado ao mundo literário e por ter preenchido esse vazio que tanto me deixava angustiada. E por ter feito 2013 ser o melhor ano da minha vida.

    [Responder]

  7. Rany Teixeira disse:

    O melhor de 2013 para mim foi eu ter saido do estado que estava de tristeza e voltado a acreditar na minha capacidade de realizar para 2014 e ser/buscar a melhor expressao de mim mesma. O apoio da minha familia nesse momento em que nao estava tao bem e tinha esquecido ate das coisas que eu gostava foi me ajudando nesse processo de descobrimento pessoal.

    [Responder]

  8. O melhor de 2013 foi ter vivido plenamente cada SEGUNDO, sorrindo a todo MINUTO, contando as GARGALHADAS ao invés das horas.

    [Responder]

  9. O melhor de 2013 foi ter feito da minha vida um bolo de felicidade! Com uns punhados de gargalhadas, umas pitadas de sorrisos e uma boa dose de bom humor.

    [Responder]

  10. Jurema Peclat disse:

    O melhor foi ter temperado o meu 2013 com muita alegria, refogado as amarguras da vida, adoçado todas as minhas amizades e vivido o meu dia a dia com muita felicidade, afinal neste ano que passou, eu fui realmente feliz de verdade!

    [Responder]

  11. Crislane Barbosa disse:

    O melhor de 2013!
    Tantas coisas boas aconteceram!
    Esse ano uma amiga se formou e outra passou no mestrado. Esse ano pude ficar mais perto das amigas do ensino médio e pude aplicar bullying nelas. rsrsrs… (amigas amo vocês!)
    E não posso esquecer que finalmente eu e meu namorado começamos a pagar nossa própria casa. Um futuro nos espera! 😀

    [Responder]

  12. Nathália M. disse:

    Para mim, o melhor de 2013 foi ter me aproximado da minha prima.
    Esse ano aconteceram muitos problemas na minha família que me abalaram muito psicologicamente, coisas que eu achei que nunca iriam acontecer e algumas perdas na qual eu não estava prepara. Na frente dos outros eu evitava falar do assunto, mas com ela, eu sentia que podia confiar e falar como tudo estava me afetando, eu podia chorar. Ela me ajudou e me mostrou como levantar a cabeça, passar por tudo e como ter mais voz, e o mais importante, me ajudou a sair da depressão que eu estava caindo a cada dia que passava.

    [Responder]

  13. Adriana de Holanda Tavares disse:

    O melhor de 2013 foi ver o sorriso e a saúde de minha filha quando ela teve alta da UTI e do hospital que ficou 12 dias e saber que as 336 bolsas de sangue que doadores conhecidos e anônimos se ofereceram para ela estão ajudando muitas pessoas… Foi perceber que uma pessoinha tão pequena (ela só tem 3 anos) pôde mobilizar minha cidade e muita gente que eu não conhecia em corrente de amor e prece… E cantar na volta pra casa A CASA É SUA… PORQUE NÃO CHEGA LOGO…

    [Responder]

  14. Nana Dias disse:

    Para mim o melhor de 2013, com certeza, foi meu “encontro literário” com o John Boyne, autor que até então eu desconhecia.
    Era Junho/2013 e certa tarde estava lendo algumas resenhas. Me deparei com a resenha de O Pacifista, (vou confessar que a resenha era da Mari do Psychobooks), comprei ele no mesmo dia, mas por motivos que desconheço ou não me recordo, só o li em Setembro. E então na primeira pagina ele já havia me conquistado, tanto o livro quanto o autor. O autor. Simplesmente me viciei em John Boyne, necessitava de TODOS os livros que ele havia escrito e então iniciou-se para mim, o melhor de 2013:
    Andei por trincheiras da Grande Guerra ao lado de Tristan e presenciei um amor que me fez ver as coisas de modo diferente, conheci Bruno, um garotinho apaixonante, o acompanhei ate “Haja Vista” …e chorei tanto, conheci o Palácio de Inverno, o frio da Rússia, a beleza das Noites Brancas, os Romanov e o amor em suas diversas formas, conheci um garotinho extraordinário chamado Barnaby, flutuando conhecemos tantas pessoas, tantos lugares e com lagrimas nos olhos aprendemos que ser diferente é o que nós torna únicos. E sorri e chorei e sonhei e me apaixonei por cada personagem que o John me apresentou. É claro que a certa altura, já tinha comprado todos os livros lançados no Brasil e então tive que me controlar para não devorar tudo de uma só vez, e por isso, meu melhor de 2013 se estendeu para o comecinho de 2014 e neste exato momento, estou fugindo com Noah por paginas desconhecidas, nos aventurando para viver a coisa mais importante de nossas vidas e em seguida já tenho minha embarcação confirmada no Bounty e com “o garoto no convés” viverei novas aventuras e emoções.
    Há algum tempo li aqui no Café um post sobre “autores-bula”, naquela época eu fiquei triste porque não tinha um autor preferido. Hoje, posso classificar o John Boyne como meu autor-bula, mas também meu autor remédio, pois além de me viciar na escrita dele, seus livros remediaram os dias ruins que tive ao longo do ano

    [Responder]

  15. Thais disse:

    Não tem como escolher um só “melhor” de 2013. Todos os anos, a vida muda e coisas novas acontecem e muitas dessas mudanças são para melhor.
    Em 2013, entrei na faculdade sem precisar fazer cursinho, o que foi a melhor recompensa por toda uma vida de estudos. Por causa disso, conheci pessoas incríveis, que me receberam super bem em seu meio, e que vem se tornando meus melhores amigos. Passei o ano ao lado da pessoa que eu amo, meu namorado, que me fez uma pessoa melhor. Me aproximei ainda mais dos meus pais de uma maneira que nunca tinha acontecido antes, melhorando minha relação com eles. Como todos os anos, li muito, e a cada leitura meus “melhores” se somaram aos “melhores” das conquistas dos personagens cuja história eu acompanhei.
    Estes são poucos itens de uma lista que poderia continuar por um longo tempo. A verdade é que não é possível escolher um só melhor de 2013, e sim me alegrar de ter sido um ano com diversas vitórias e superações, e esperar que 2014… seja ainda melhor!

    [Responder]

  16. Priscylla Carvalho disse:

    O melhor de 2013 foram às pessoas a minha volta, em cada etapa do ano. Ter conhecido pessoas, e feito coisas que normalmente eu não faria, isso através da faculdade. Me aproximei de pacientes diferentes e interessantes, que me fizeram sentir a importância da profissão que escolhi, que é a Fisioterapia. Além disso, na disciplina de saúde pública, por exemplo, fiz parte como instrutora de um grupo de trabalhadores, na área de saúde do trabalhador, que faziam parte do setor da limpeza de uma Central de Abastecimento, pessoas humildes que me ensinaram muito, talvez mais do que eu para eles. Muito importante também, é o meu trabalho no Projeto de Extensão que até esse ano fazia parte, que eu amo muito, junto com idosas institucionalizadas e de um grupo de convivência levando informações de saúde e melhorando a qualidade de vida delas. Esse contato com as pessoas foi uma das causas que fez meu 2013 valer a pena, vivenciar realidades diferentes da minha tanto de vida, quanto de trabalho, a relação delas com o processo saúde-doença, a alegria que existe em algumas mesmo com as dificuldades do dia-a-dia. Mas também, para melhorar ainda mais, houve um estreitamento de uns laços de amizade, e a prova da veracidade de outros, que nem o tempo e a distância conseguiram diminuir. E a família como um todo ficou mais unida e em harmonia esse ano, apesar dos altos e baixos que não foram pouco e nem fáceis.

    [Responder]

  17. Mariane marques disse:

    O melhor de 2013 foi quando eu finalmente voltei a ler novamente, como nunca havia lido antes. E isto me proporcionou diversas conquistas… Passei no vestibular, terminei meu tão sonhado curso de design, me apaixonei e amei como nunca acontecera antes! Foi conhecer novos parentes que eu nem sabia que existiam, conheci a praia um dos momentos mais inesquecíveis toda aquela imensidão que não há palavras que descrevam o que senti naquele momento.Alcancei meu sonho de abraçar o meu ídolo duas vezes. Mas o principal de tudo isso, foi estar ao lado das pessoas que me amam, e ter superados os problemas e as dificuldades através do poder da leitura!

    [Responder]

  18. Hadja Barreto disse:

    O Melhor em 2013 pra mim foi fazer amizades novas e descobrir que esses dois amigos (homens!) adoram ler tanto quanto eu! Trocamos muitas indicações de livros durante o decorrer do ano, conheci a saga Os Instrumentos Mortais e Eragon por causa deles. E também os convenci a ler outros gêneros. haha Uma das melhores coisas desse ano que se passou foi perceber que homens também leem por prazer, porque gostam. Não que eu pensasse o contrário, mas até então nunca tive amigos homens que apreciassem a leitura da mesma forma que eu. haha Definitivamente 2013 foi um ano de surpresas, descobertas e muita troca de indicações maravilhosas de livros!

    [Responder]

  19. Bruna Bento disse:

    Eu pensei em citar alguns momentos da minha vida em 2013, mas cheguei a conclusão de que vocês não conheceriam as pessoas envolvidas, não se conectariam ao momento como eu me conectei e portanto, isso não fazia sentido.
    Então, eu digo que o melhor de 2013 foi ter conhecido diversos blogs e vlogs literários que não só me incentivaram a conhecer novos livros e autores, como interagiram comigo e principalmente, me motivaram a me dedicar ao meu próprio blog agora em 2014 ! =)

    Pra quem ficou curioso, haha: http://brunabento.wordpress.com/
    (ainda não é grande coisa, mas…)

    [Responder]

  20. Jessica Rodrigues disse:

    Ter conseguido enganar as coordenadoras da tarde de autografos da Paula Pimenta e conseguir autografar Minha vida fora de Serie 1 e 2…
    Receber um pedido de casamento.

    [Responder]

Deixe uma resposta