Pipoca Salgada – Birdman #Oscar2015

Por , 11 de fevereiro de 2015 12:05

Birdman-2014-download

No passado, Riggan Thomson (Michael Keaton) fez muito sucesso interpretando o Birdman, um super-herói que se tornou um ícone cultural. Entretanto, desde que se recusou a estrelar o quarto filme com o personagem sua carreira começou a decair. Em busca da fama perdida e também do reconhecimento como ator, ele decide dirigir, roteirizar e estrelar a adaptação de um texto consagrado para a Broadway. Entretanto, em meio aos ensaios com o elenco formado por Mike Shiner (Edward Norton), Lesley (Naomi Watts) e Laura (Andrea Riseborough), Riggan precisa lidar com seu agente Brandon (Zach Galifianakis) e ainda uma estranha voz que insiste em permanecer em sua mente.

Não sei o que pode estar acontecendo comigo esse ano.

Pode ser o fato de estar afastada um pouco de toda a evolução cinematográfica nos últimos anos e só assistir filme ocasionais, mas não acredito que seja o caso porque consigo ver pequenos filmes e saber o quanto eles são bons ou ruins.

Consigo ver esse Birdman e perceber que ele tem uma técnica incrível, um roteiro sólido e atores inspirados. Consigo perceber a mão forte e segura da direção de Iñárritu entendo porque ele foi indicado para tantos prêmios e segue para o Oscar com muitas chances.

Sim, eu consigo entender até que você considere esse filme excelente e que a premiação de um filme tão fora do padrão como esse, poderia ser o sopro de originalidade para os estúdios ousarem e abrirem as portas para os filmes ‘fora do padrão’ como esse.

Entendo tudo isso.

Mas também gostaria que vocês entendessem o meu lado, que é exatamente o oposto de praticamente todos os críticos.

Birdman apesar de toda a sua originalidade, não conseguiu me vender a ideia do filme.

birdman_aEm nenhum momento eu me importei com o drama ou os desafios que Riggan tem que sofrer para que a sua peça estreia e ele mais uma vez relevante para o mundo, mas ele não consegue me convencer que esteja fazendo isso por algum motivo, por qualquer um!

Os outros atores têm menos tempo em cena, então a relação com Riggan deveria ser a mais próxima, eu deveria comprar ou a sua luta ou torcer por uma diferente resolução (como o final carrega), mas não acontece nada disso.

O personagem mais interessante é o vivido por Edward Norton, Mike, um ator com status quo e que em um momento diz que ‘ele não finge quando está no palco, mas sim em todos os outros lugares’.

Já Riggan e o seu alter ego Birdman, ficam tanto tempo na sua relação existencial conjunta que o meu interessante foi ficando cada vez menor.

A atuação de Michael Keaton está ótima e se ele ganhar o Oscar não vai ser uma estatueta jogada para qualquer atuação. Porém, ele não ganharia meu voto.

Foi uma atuação com momentos memoráveis, mas a meu ver ainda não supera a de Eddie Redmayer.

Faltam somente três filmes para e terminar de ver da lista dos indicados, mas até agora a minha apatia pela maior parte é a menor possível.

São filmes cheios de potenciais e que trazem técnicas, atores, roteiros e diretores que eu aprecio. Entretanto, não quero só sentar e ver um filme de uma tomada e por causa disso bater as palmas.

Eu quero que ele me conquiste, e Birdman não conseguiu.

 #Oscar 2015 – O Filme concorre nas categorias de Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Ator (Michael Keaton), Melhor Atriz Codjuvante (Emma Stones), Melhor Ator Coadjuvante (Edward Norton), Melhor Roteiro Original, Melhor Fotografia, Melhor Mixagem de Som e Melhor Edição de Som

 

Ficha Técnica:

Título: Birdman ou A Inesperada Virtude da Ignorância

Título original: Birdman or The Unexpected Virtue of Ignorance

Gênero: Drama

Direção: Alejandro González Iñárritu

Ano de Produção: 2014

Distribuição: Fox Filmes

Tempo: 1h59min

Nota: 9.8 de 10

 

 

Crédito Sinopse: Adoro Cinema

Deixe uma resposta