Café Irlandês – 10 coisas que aprendi trabalhando em uma Start-Up

Por , 31 de março de 2015 13:59

cafe irlandes

Em tempos de expansão de internet (ainda mais), tudo o que as pessoas fazem tem a bendita internet. E claro que ela iria fazer parte mais intimamente da minha vida, e eu nunca esperei que isso fosse acontecer. Para quem não sabe até pouco tempo eu trabalhei em uma Start-Up que para quem não conhece o termo, de acordo com o Google Start-Up é uma empresa que tem toda a sua estratégia online e em vários segmentos, sendo nova e que tenha uma fonte de renda e vá atrás de novos modelos de trabalho. A que eu trabalhava era de moda infantil e aprendi muitas coisas legais que vou levar para o resto da vida.

Café-com-blábláblá-1

Continue Lendo!

Entre Páginas – A Casa Assombrada

Por , 30 de março de 2015 15:41

Eu não sou uma pessoa que se assusta facilmente.

Mentira! Uma batidinha na porta e eu já pulo, e por isso, para o meu nível de medo, A Casa Assombrada chegou ao ponto certo, talvez até além.

 

A casa AssombradaEliza Caine tem 21 anos e acaba de perder o pai. Totalmente sozinha e sem dinheiro suficiente para pagar o aluguel na cidade, ela se depara com o anúncio de um tal H. Bennet. Ele busca uma governanta para se dedicar aos cuidados e à educação das crianças de Gaudlin Hall, uma propriedade no condado de Norfolk – sem, no entanto, mencionar quantas são, quantos anos têm ou dar quaisquer outras explicações. Assim, ela larga o emprego de professora numa escola para meninas e ruma para o interior.

Chegando a Gaudlin Hall, Eliza se surpreende ao encontrar apenas Isabella, uma menina que parece inteligente demais para sua idade, e Eustace, seu adorável irmão de oito anos. Os pais das crianças não estão lá. Não se veem criados. Ela logo constata que não há nenhum outro adulto na propriedade, e a identidade de H. Bennet permanece um mistério.
A governanta recém-contratada busca informações com as pessoas do vilarejo, mas todos a evitam. Nesse meio-tempo, fica intrigada com janelas que se fecham sem explicação, cortinas que se movem sozinhas e ventos desproporcionais soprando pela propriedade. E então coisas realmente assustadoras começam a acontecer…

 

Eu ganhei esse livro de presente da Sabrina aqui do blog, que sabendo do meu amor por John Boyne (vamos voltar a esse assunto no final de semana) me deu a nova obra do autor no meu aniversário.

O livro que tem a assinatura de um dos meus escritores favoritos prometia muitos mistérios e sustos e admito que por mais que o livro fale isso na sinopse (ou as pessoas comentem), eu meio que não acreditava.

Afinal medo é muito relativo, né? Não tenho medo de bonecas assassinas mas morro de medo de crianças em filmes de terror. Então, comecei a ler pensando que estavam falando de um medo meio… subjetivo.

Mas não há nada subjetivo em A Casa Assombrada.

 

Continue Lendo!

#cafenoLolla – GP da Diversão 2.0 ou Todas as dicas para você curtir o Lollapalooza 2015

Por , 27 de março de 2015 12:05

lollapalloza-2015

 

Demorou mas chegou mais uma edição do Lollapalooza no BR!

O festival que já tinha nos arrastado em 2013 (por motivos de The Killers), nos conquistou de vez ano passado.

Hoje ao pensar em nível São Paulo, não consigo imaginar qualquer outro lugar que seria mais perfeito para o festival. Com um espaço gigantesco (mas que deixa tudo fluir), às vezes você pisa na grama, às vezes você pisa em asfalto, às vezes você é esmagado na frente, mas pode curtir os shows de uma distância segura até mesmo sentada tantos nos palcos Skol como Onix.

Como no ano passado, inspirado no prêmio mais famosos hospedado por Interlagos, nos montamos o 2° Grande Prêmio da Diversão garantida!

 shutterstock_119120539_race_flag_w640

Treinos

Interlagos é  grande e se prepare para andar uma boa distância entre o palco Onix e Axê ou a Tenda do Perry, mas tirando essas duas distâncias o resto é relativamente (não exatamente, ok?) perto.

Continue Lendo!

Nota Musical – Calvin Harris #CaféNoLolla

Por , 27 de março de 2015 8:00

Calvin-Harris-Café-No-Lolla-Lollapalooza-Café-com-Blábláblá

Se tem um show que estou ansioso para esse Lolla Palooza, esse é o do DJ escocês Calvin Harris, um dos nomes mais influentes no mundo da música hoje. Com parcerias de peso e músicas que grudam na sua mente mais que chiclete, o cara coleciona Hits e sempre que lança algo novo está nas primeiras posições das listas pelo mundo a fora. Mas se você ainda não se convenceu do sucesso desse moço tem que parar tudo para ouvir suas canções.

Continue Lendo!

Entre Páginas – STAR WARS – O Código do Caçador de Recompensas

Por , 26 de março de 2015 22:29

IMG_0868

Todos sabem que eu comecei a gostar de Star Wars há pouco tempo, e agora depois de todos esse tempo perdido (são 30 anos gente!) estou tentando suprir de alguma forma essas lacunas vazias que permanecem mesmo depois de ter visto todos os filmes.

“O Código do Caçador de Recompensa” é um guia para quem quer se tornar aliado da Guilda, isso no universo do filme. Para nós fã ele é como uma enciclopédia mesmo, detalhando cada procedimento e passos práticos dos iniciantes da arte das recompensas. É engraçado o modo como o autor utilizaram o livro e introduziram vários comentários de lendários caçadores de recompensas entre eles Boba Fett, Jango, Greedo e Aurra Sing.

O Código do Caçador de Recompensa - Ilustrações - Star WarsPara as pessoas que já estão familiarizadas com o universo Star Wars deve ser mais fácil o entendimento, pela familiarização das personagens e coisas relacionadas que são citadas. Já para quem não conhece vai ficar um pouco perdido, mas isso não significa que você não vá gostar, tendo e em vista que pessoas tendem a amar universo galáctico.

O livro é muito parecido com os outros já lançados também pela Editora Bertrand, “O Livro dos Sith” e “O Caminho Jedi”. Além de ser bem intuitivo e detalhado passo-a-passo, contém várias ilustrações muito bem feitas devo dizer. Todo encadernado e capa dura, folhas mais resistentes que as encontradas em outros livros. É um presentão mesmo, que vale a pena o investimento. A coleção vai ficar linda!

IMG_0876

Ficha técnica:

Livro: O Código do Caçador de Recompensas

Autor: Daniel Wallace

Editora: Bertrand Brasil (Editorial Record)

Páginas: 160

Classificação: 4/5 estrelas

Nota Musical – Bastille #cafenololla

Por , 26 de março de 2015 9:00

Bastille

 

Uau! Já faz mesmo mais de um ano que eu citei Bastille pela primeira vez por aqui?!

Era meados de setembro de 2013, quando uma banda até então “novata” conquistava minha simpatia (e meus ouvidos) com uma música que narrava brevemente a história de Pompeia.

Viciei naqueles acordes e não demorou muito para que eu fosse atrás da discografia da banda inglesa formada por Dan Smith, Chris ‘Woody’ Wood, Will Farquarson e Kyle Simmons.

Na época o grupo ainda estava no início da carreira, tendo lançado apenas o excelente álbum Bad Blood (que entrou para os meus favoritos daquele ano). Pontuado por batidas marcantes e faixas icônicas como Pompeii, This We Lost to the Fire, Laura Palmer e Overjoy, o CD já era um belo “debut” e apenas antecipava o início de um conjunto promissor.

 

Continue Lendo!

Fala série! – Are You The One? Brasil

Por , 25 de março de 2015 12:00

AYTOB-Are-You-The-One-Brasil-MTV-Fala-Série-Café-com-Blábláblá-2

Muita gente reclama de Reality Show, e não é a toa, tem muita coisa boa, mas muita porcaria também (sou suspeito porque gosto de vários). É de conhecimento geral que o BBB já deu o que tinha que dar, e faz anos que assistimos a mesma estrutura e mesmo com a apelação sobre os relacionamentos e sexos que rola lá dentro, não salva o público que precisa de um combustível a mais.

Continue Lendo!

Nota Musical – Pharrell Williams #cafenololla

Por , 25 de março de 2015 9:00

 

Nenhuma música foi tão tocada em 2014 (ou continua tocando), como Happy. Impossível não passar por um lugar, ouvir esta música e ficar parada. Enquanto viajava pela Europa ano passado, escutei esta música em todos os países que passei, e quando voltei para o Brasil continuei a escutar.

Happy é sem dúvida nenhuma um dos maiores singles de 2014, e de Pharrel Williams, mas esse jovem e talentoso cantor é muito mais do que uma trilha sonora (para quem não sabe a música é do filme Meu Malvado Favorito 2)

 

Pharrell Williams in Adidas

 

Continue Lendo!

Café Irlandês – 21 motivos porque amamos festivais de música

Por , 24 de março de 2015 12:10

cafe irlandesLolla 2015 acontece no próximo final de semana, e nós listamos 21 motivos porque amamos festivais de músicas.

É meio bagunçado, tem muita gente, confusão e em São Paulo é um parto para ir embroa depois, mas muita coisa boa acontece também.

 

1 – O clima de Paz e Amor

tumblr_n2t6bo5Uv61qj4315o1_r2_500

Óbvio há exceções, mas a certeza que você está um lugar com pessoas que amam ou não as mesmas bandas que você, ajuda muito. E a presença de uma roda gigante, parece que ajuda em mais 60% nesse quesito.

2 – As roupas

tumblr_n234k0th3h1stecxko1_500

A maioria está vestido como ‘se não tivesse pensado‘ no look, mas é bem ao contrário, principalmente quando você vê que muitas amigas estão vestidas de uma forma para combinar entre elas.

Apesar do que pode parecer, isso ajuda a dar o festival um look próprio e aumentar o clima de ‘não é um lugar comum‘.

Isso me lembra: Will e Thais precisamos marcar urgentemente nossa reunião de look. =P

Continue Lendo!

Nota Musical – Interpol #CafenoLolla

Por , 24 de março de 2015 9:00

 

interpol-band

Poucas são as oportunidades que temos a chance de ver bandas da cena independente do rock, e menores ainda são as chances de vê-la duas vezes, ainda no Brasil é mais raro ainda. Eu já fui há um show do Interpol, no maravilhoso Planeta Terra (também vi The Strokes), portanto já conheço “os caras”. Ou não?

Continue Lendo!