Nota Musical – Fitz and the Tantrums #CafenoLolla

Por , 21 de março de 2015 11:00

Sabe quando você escuta a música de uma banda e mal pode esperar para ver como ela seria ao vivo? em um show com todo mundo pulando e cantando a plenos pulmões? Essa é a minha relação atual com Fitz and the Tantrums que toca no Lollapalooza.

maxresdefault

Quando o line up do Lolla, admito que não conhecia tão bem os nomes ali. Já sabia que Jack White e Interpol me fariam pagar o ingresso do festival por si só, e realmente estava animada naquele momento para conhecer as bandas que iam tocar.

Conversamos várias vezes entre nós, e a experiência do Lolla como o único festival de música mais próximo do padrão gringo (com vários palcos e shows começando bem cedo), nos anima de cara para participar do Lolla, e ir para escutar bandas novas sempre foi muito tentador para nós.

Mas adoro conhecer quem toca e por isso, fui atrás de entre outros, Fitz and the Tantrums, só para ter certeza que esse é um show que não perderei.

A banda que está na estrada desde 2008, conseguiu despontar na cena americana e fazer um pequeno sucesso em 2009 com o seu primeiro LP. Com isso, eles conseguiram entre outras coisas, abrir os shows do Maroon 5.

Com isso a banda foi aos poucos ganhando uma reputação na mídia que culminou no ótimo CD de estreia, More than just a Dream de 2013.

fitz-and-the-tantrums-more-than-just-a-dreamSó que não parece um CD de estreia. Isso porque apesar das bandas novas sempre trazerem uma sonoridade diferente e tentar ~quebrar a internet~ com as suas canções, porém dá para ouvir um pouco de falta de experiência por trás. Está ótimo, mas a pessoa tem muito o que evoluir, sabe?

Mas no caso do Fitz (que leva o nome do vocalista) talvez até pelo tempo que eles ficaram na estrada até estourar, a técnica de seus integrantes ou pode até ser mesmo o tipo de gênero que eles escolheram (que dança com um pouco de Soul) acaba passando a impressão de que é uma banda com muitos anos de estrada.

Eu fui até atrás de mais CD’s porque não era possível! Porém é, não tem o que fazer.

Entre as diversas músicas que quero muito ouvir ao vivo, está The Walker, Break the Wall, Fools Gold e MerryGoRound.

Além do Lolla, a banda faz show na próxima quinta na Audio em São Paulo junto com o The Kooks e admito só não vou ver eles também nesse dia por falta de dinheiro.
Vai ter que ficar para ver só no Lolla mesmo, espero que seja o suficiente.

Abaixo vocês podem ouvir o álbum deles de estreia e entender porque gostamos tanto:

 

Deixe uma resposta