Entre Páginas – No Mundo da Luna

Por , 23 de março de 2015 9:00

Carina Rissi é sem dúvida uma unanimidade aqui no blog, nós simplesmente amamos tudo o que ela escreve, e esperamos ansiosamente pelo lançamento de No Mundo da Luna. Saindo um pouco do mundo de Perdida, Carina nos agracia novamente com um chick-lit de primeira, do tipo que voce só consegue largar quando chega a última página.

IMG_4755

 

A vida de Luna está uma bagunça! O namorado a traiu com a vizinha, seu carro passa mais tempo na oficina do que com ela e seu chefe vive trocando seu nome.
Recém-formada em jornalismo, ela trabalha como recepcionista na renomada Fatos&Furos. Mas, em tempos de internet e notícias instantâneas, a revista enfrenta problemas e o quadro de jornalistas diminuiu drasticamente. É assim que a coluna do horóscopo semanal cai no colo dela. Embora não tenha a menor ideia de como fazer um mapa astral e não acredite em nenhum tipo de magia, Luna aceita o desafio sem pestanejar. Afinal, quão complicado pode ser criar um texto em que ninguém presta atenção?
Mas a garota nem desconfia dos perigos que a aguardam e, entre muitas confusões, surge uma indesejada, porém irresistível paixão que vai abalar o seu mundo. O romance perfeito — não fosse com o homem errado. Sem saída, Luna terá que lutar com todas as forças contra a magia mais poderosa de todas, que até então ela desconhecia: o amor.

Que livro maravilhoso de se ler, mais uma vez a Carina Rissi se supera e mostra que é uma das melhores autoras de chick-lit da atualidade. Um gênero que esta sendo renegado ao ostracismo, sendo engolido pelos New Adults, Young Adults, Eróticos… mas que sempre terá um lugar no meu coração. No Mundo da Luna foi um livro perfeito, mas ainda não supera Procura-se um Marido <3 <3 <3

Não tem coisa melhor do que ler um livro do começo ao fim com um sorrido no rosto, se divertir e torcer por todos os personagens. Luna é uma personagem cativante, e real, que poderia ser a sua melhor amiga. Na verdade, todos facilmente poderiam ser alguém que voce conhece. A Carina tem um poder de escrever livros atemporais, em que ao mesmo tempo podemos ou não colocá-los em nossa realidade, que traz à história uma proximidade junto ao leitor, coisa que poucos autores conseguem fazer.

O enredo desta história é maravilhosa, e nos traz a jovem e sonhadora Luna, recém formada em jornalismo, e desejando apenas uma chance de mostrar o seu talento, mesmo que isso venha na forma de horóscopo, e ela irá mostrar que pode mais. E é ai que começa a nossa confusão. Com um pouco de exoterismo somos engolidos pelo mundo de Luna e passamos a acompanhar todas as suas peripécias.

Luna é jovem, e comete muitos erros ao longo de seu caminho para o amadurecimento, prejudicando pessoas que ela não queria. Em alguns momentos eu só queria dar uma sacudida nela e dizer: “Acorda para a vida, e olha para o que esta na sua cara”, coisa que a melhor amiga dela tratou de fazer ao longo do livro. Teimosa do jeito que ela é, acaba aprendendo da pior maneira como os seus erros interferem naqueles que estão a sua volta.

– Nem sempre a gente precisa do cara certo. […] Ás vezes é o cara errado que vai virar a sua vida de ponta cabeça e fazer tudo valer a pena.

E confusão é o que não falta para essa jovem, novos amores, novos ódios, mistérios… um prato cheio para qualquer amante de livros. Simplesmente perfeito.

E os personagens? Todos bem trabalhados e com o seu devido espaço. Adoro quando os coadjuvantes são importantes para o desenrolar da história, quanto os principais. Ficamos o livro inteiro querendo saber um pouco mais sobre a vida de cada um deles, a melhor amiga de Luna, o irmão, os vizinhos, os companheiros de trabalho…. (e a avó de Luna? Não tem como não amá-la! ) todos são importantes para a história e se pudéssemos pediríamos um livro para cada um deles.

E o mocinho galera? Irritantemente adorável. Longe de ser perfeito, e é por isso que nos apaixonamos por ele logo nas primeira páginas, e passamos o livro inteiro torcendo para que ele e Luna se acertem 100%. Algo que demora para acontecer, mas cada percalço no meio do caminho é mais do que aceitável.

– Não me pertença, me escolha.

Fico feliz em saber que a cada dia, mais e mais autores brasileiros se destacam, com livros de conteudo semelhante ou superior (neste caso), aos livros estrangeiros. É bom curtir histórias que podemos colocar em nossa realidade e por isso nos sentirmos mais conectados com os personagens.

obs: A única coisa que me incomodou no livro foi a semelhança de enredo com outro livro brasileiro que eu li. Azul da Cor do Mar da Marina Carvalho. A essência dos dois enredos, cada um com suas diferenças, são bem parecidos, quem já leu pode comprovar.

 

Ficha técnica:

Livro: No Mundo da Luna

Autora:Carina Rissi

Editora: Verus

Páginas: 475

Classificação: 5/5 estrelas

Um comentário para “Entre Páginas – No Mundo da Luna”

  1. Samara disse:

    Pensei que só eu tinha reparado na semelhança entre esse livro e Azul da cor do mar. E concordo com você, o livro da Marina Carvalho é sem dúvida melhor!

    [Responder]

Deixe uma resposta