Entre Páginas – Antônio e Cleópatra #WillShake

Por , 1 de setembro de 2015 17:00

Header post

Aviso aos navegantes:

William Shakespeare escreveu peças para serem encenadas, por isso é muito diferente você somente ler o material. No final de cada post, tentarei colocar links para peças disponibilizadas pelos realizadores no Youtube, para que essa vivência seja presenciada

 

Esse post faz parte do Desafio Shakespeare!
Para conhecer o desafio completo, clique AQUI!

 

A Experiência

Então no meio do caminho entre o desafio tinha uma pedra, uma pedra chamada vida.

Quando comecei o desafio resolvi ler um livro por dia (o que foi possível em diversos dias, mas não sempre) e apesar de me esforçar, em  vários dias eu não conseguia, e no caso dessa peça, fui dormir sem terminá-la no prazo.

Se tem uma coisa que esse desafio me ensinou foi ser mais perseverante em permanecer firme na programação, mesmo quando estava atrasada.

Para quem resolveu topar o desafio, seja junto com o blog, 3 meses ou 3 anos depois , o meu grande conselho é continuar firme no seu planejamento

É melhor correr atrás do tempo perdido no dia seguinte do que desistir e dizer que ‘um dia você tentou ler todas as obras de Shakespeare junto com o povo louco de um blog’ e não deu certo.

Que diferença faz o caminho se queremos os mesmos resultados?

Resenha

2943A história central da tragédia Antônio e Cleópatra, de Shakespeare, é o romance entre Marco Antônio, líder militar romano, e Cleópatra, rainha do Egito e ex-amante do falecido Júlio César. Como pano de fundo político, o Triunvirato romano, segundo o qual Otávio (filho de Júlio César), Marco Antônio e Lépidus governam o mundo ocidental.

A segunda peça do desafio, mas ela já aponta um fato curioso: se morasse na época e visse as peças nessa sequencia, não me surpreenderia ou ficaria surpresa com desfechos dramáticos, como o destino de Romeu e Julieta.

Ficaria encantada com a leveza de outras peças, mas não o contrário.

Gostei muito do personagem Anthony, mas em comparação com a peça anterior, achei essa mais ‘chatinha’. Obviamente pelo tema político a sua estrutura seria diferente das outras, e se eu soubesse quando estava lendo essa que as peças históricas de Shakespeare não teriam um lugar tão grande no meu coração no seu geral, talvez a lesse com mais carinho, entendendo que não iria amar.

Apesar disso há grandes diálogos e o aviso que impera no começo de cada resenha do nosso desafio é bem claro nessa: em voz alta os versos de Shakespeare ganham a força que precisam.

Ficha Técnica:

Nota da Fanny: 3 estrelas

Título original: The Tragedy of Anthony and Cleopatra

Ano da Publicação: 1607

Próxima Peça: Como Quiserem

A Peça

Não conseguimos encontrar online e devidamente autorizado pelos realizadores, então segue uma pequena amostra do que é essa peça.

Deixe uma resposta