Entre Páginas – Perdidos por Aí

Por , 21 de setembro de 2015 12:00

Ano passado, dois livros de YA foram muito comentados nas redes e pelos blogueiros nos EUA de dois escritores estreantes. O primeiro foi Falling into Places (que já tem resenha) e o segundo foi Let’s Get Lost de Adi Alsaid, que a Verus acabou de lançar no país, Perdidos por Aí.

perdidos-por-ac3ad-de-adi-alsaidQuatro jovens ao redor do país têm apenas uma coisa em comum: uma garota chamada Leila. Ela entra na vida de cada um com seu carro absurdamente vermelho no momento em que eles mais precisam de alguém.

Entre eles está Hudson, mecânico em uma cidadezinha, que está disposto a jogar fora seus sonhos de amor verdadeiro. E Bree, uma garota que fugiu de casa e curte todas as terças-feiras — além de algumas transgressões ao longo do caminho. Elliot acredita em finais felizes… até sua vida sair totalmente do script. Enquanto isso, Sonia pensa que, quando perdeu o namorado, também perdeu a capacidade de amar.

Hudson, Bree, Elliot e Sonia encontram uma amiga em Leila. E, quando ela vai embora, a vida de cada um deles está transformada para sempre. Mas é durante sua própria jornada de quase sete mil quilômetros através do país que Leila descobre a verdade mais importante: às vezes, aquilo de que você mais precisa está exatamente no ponto onde começou. E talvez a única maneira de encontrar o que você está procurando seja se perder ao longo do caminho.

Admito que quando comecei a ler sobre Perdidos por aí lá fora, a capa americana já tinha me comprado. Eu queria muito ler não só por causa dela, mas porque pela capa o livro também me parecia muito bom.

18717651Pode parecer um pouco bobo, mas com YA americano parece que o carinho com as capas são diferentes. Na sua maioria são atraente, incrivelmente montadas e a combinação com os títulos acabam me fazendo interessar pela história de cara.

Mas a distância acaba apertando e nem sempre encontro por aqui os livros que quero, e a demora na chegada do Book Depository, às vezes me afasta de alguns títulos que quero muito ler. Principalmente quando o escritor é novo e ainda não conheço o trabalho.

Mas Perdidos por Aí agora já está em terra tupiniquins, então, podemos respirar aliviados.

Como disse, eu m interessei pela história pela capa, e por isso quando abri o livro não sabia exatamente o que espera Havia uma road trip no meio, mas era só o meu conhecimento.

O livro é divido entre quatro jovens que como a sinopse diz conhecem de alguma Leila, gostei principalmente como as ‘aventuras’ com cada um é diferente e separadas. Quando você pensa em começar a cansar daquele personagem ele dá adeus e seguimos em frente para encontrar uma Leila diferente em cada um desses momentos.

No começo, e ao longo dessas histórias, não dá para montar um perfil claro e montado de Leila. Sendo que em alguns momentos enquanto ela não se apresenta, você não tem certeza se ela mesmo.

Mas tudo isso é explicado e mostrado na última parte, onde a própria Leila é a protagonista. Isso só vai acontecer na páginas 257e você vai ter menos de 50 páginas para ‘ler a história dela’, porém vai valer cada páginas lida anteriormente.

Eu sei que sou suspeita para falar de YA, mas Alsaid montou uma personagem centrada e despedaçado ao mesmo tempo, que só vamos descobrir quando ela não tem para onde fugir, porque agora é a vez dela.

Li em uma sentada e admito que chorei bastante com o finalzinho.

O final propriamente dito achei um pouco forçado, mas nada que estrague o produto.

Não vai ser o melhor YA da vida (e nem do ano), porém, não vai ficar perdido por aí.

Ficha Técnica:

Livro: Perdidos por Aí

Autor: Adi Alsaid

Editora: Verus

Páginas: 294 Páginas

Nota: 4/5 estrelas

Deixe uma resposta