Banned Books Week – Estamos Participando!

Por , 27 de setembro de 2015 14:00

22b520331d6b668a0cc76e94a77dd5ec

Desde que o mundo é mundo, as pessoas tentam evitar que o conhecimento seja disseminado.

As justificativas são diversas: divergências políticas, religiosas, se sexo e até mesmo porque livros não fazem bem para uma pessoa devido ao seu tema, como se ler um livro automaticamente lhe tornar aquilo que é apresentado ali.

Como esse é um blog literário na sua essência (apesar de falarmos de outros assuntos), não precisamos erguer a bandeira ou fazer dois parágrafos inteiros porque defendemos a leitura.

Seria redundante em um local que todo o conteúdo desse blog fala por si só.

Mas há muitos livros que por anos foram renegados por sociedades, governos e bibliotecas. Eles eram proibidos, eram os Banned books.

Banned books são exatamente livros que tiveram um destino incerto porque pelo conhecimento dos outros, ao lê-los você podia ser influenciado por aquela temática.

Na ânsia de tentar encontrar pontos de defesa para algumas ideias malucas, alguns livros se tornaram o pilar da ideia certa e a única correta aceita por muitos, e se você escreve uma linha fora daquele contexto, é enquadrado como subversivos.

Pensando nisso, que a ALA, American Libary Association, promove todo ano a Banned Books Week, incentivando as bibliotecas, professores e blogueiros a dar um espaço para os livros que um dia foram ou ainda são proibidos para o público em algum lugar do mundo e esse ano o Café com Blá Blá Blá vai participar promovendo alguns desses livros.

2015-banned-books-graphic

Entre várias americanos, europeus e brasileiros, durante os próximos 6 dias, vocês irão conhecer um pouco mais desses títulos, entendendo porque eles foram banidos e exatamente como ao simplesmente lê-los, estamos desafiando tiranos e qualquer outra pessoa que um dia falou que aquele livro não merecia ou podia ser lido.

Esse ano o foco está nos livros Young Adults, que são os mais passíveis de banimentos, para ‘não prejudicar o crescimento’ dos nossos jovens.

No passado livros como O Apanhador no campo de Centeio e Fahrenheit 451 são alguns dos livros mais antigos que foram muito banidos.

E até hoje livros como Harry Potter e As Vantagens de ser Invisível ainda são banidos e proibidos regularmente de várias bibliotecas, principalmente de países e estados americanos onde a política e o interesse bate mais alto.

Nosso foco não vai ser só em livros Young Adults, mas não podíamos ficar de fora desse movimento tão importante.

Deixe uma resposta