Entre Páginas: Ratos e Homens

Por , 29 de setembro de 2015 12:05

BBW-banner_6_WEB

Ratos e HomensGeorge e Lennie são dois amigos bem diferentes entre si. George é baixo e franzino, porém astuto, e Lennie é grandalhão, uma verdadeira fortaleza humana, mas com a inteligência de uma criança.

Só o que os une é a amizade e a posição de marginalizados pelo sistema, o fato de serem homens sem nada na vida, sequer família, que trabalham fazendo bicos em fazendas da Califórnia durante a recessão econômica americana da década de 30. Ganham pouco mais do que comida e moradia.

No caminho, encontram outros sujeitos pobres e explorados, mas também situações que colocam em risco a sua miserável e humilde existência.

 

Banned Book!

O livro foi banido e continua a ser banidos de várias escolas e bibliotecas americanas por pressão dos pais ou da sociedade. O uso de uma palavra pejorativa para o negros(o ‘niggar’ que vemos tanto em alguns filmes) e a violência é uma das justificativas utilizadas.

Opinião do Café: O livro retrata um triste capítulo da história americana e mundial. Com dois personagens muito sofridos, apesar dos atos de violência o livro se torna mais triste do que chocante.

John Steinbeck escreveu uma história para deixar o leitor triste. Criou uma história para deixar o leitor chocado, e acertou nos dois pontos.

George e Lennie tem uma relação que ultrapassa o amor entre irmãos, que os fazem únicos. Em um mundo tão grande eles não estão sozinha, tem um a outro.

Logo no começo, percebemos que Lennie é diferente e que George tem que ensiná-lo e o acompanhar em tudo,principalmente para o impedir de fazer uma ‘coisa ruim’. Apesar de não citar, ao lermos dá para perceber que essa ‘coisa ruim’ já aconteceu algumas vezes e que Lennie não aprendeu ou não consegue evitar de fazê-la,porém se segura por George.

A narrativa do livro é simples e sem enrolação. Temos vários diálogos e pouca descrição das cenas e em alguns momento é necessário se atentar aos detalhes.

Mas o que marca nesse livro é o seu final, trágico e frio. O leitor não está esperando por aquilo e o susto é incrível. É uma história que você só para pensar e refletir sobre ela depois que acaba, tentando entender o que exatamente levou a tudo aquilo.

Com menos de 150 páginas, eu classificaria como um conto, e pode ser a porta de abertura para os outros livros de Steinbeck.

Ficha Técnica:

Livro: Ratos e Homens

Autor: John Steinbeck

Editora: L&PM Editores

Páginas: 144  páginas

Nota: 4/5 estrelas

Deixe uma resposta