Nota Musical – Open Heaven / River Wild por Hillsong Worship #SemanaHillsong

Por , 2 de novembro de 2015 23:55

Open_Heaven_River_Wild_by_Hillsong_Worship

Ontem aprendemos mais sobre a Hillsong Church e sobre o Hillosng Worship, hoje vou trazer para vocês uma review do novo lançamento deles Open Heaven / River Wild, um CD que para mim trouxe de volta a essência do ministério sem perder a contemporaneidade que eles agregam em todas as suas gravações.

Assim que ouvi Open Heaven / River Wild logo que foi lançado meu coração meio que acelerou, porque quando olhei para a capa do CD e comecei a ouvir as melodias entoadas na primeira música “Praise The Name (Anástasis)” senti que o grupo estava entrando em um novo território. Por justamente começar seus CD’s com músicas agitadas e dançantes, mas com “Praise The Name” eles inverteram a ordem e ficou muito interessante. Eles falam sobre o como louvar nos aproxima do Pai e por tudo o que Ele passou na cruz foi por nos amar de forma incondicional, e por isso devemos O louvar para sempre e sempre.

Em “Love On The Line” o clima intimista da canção cantada por Aryel Murphy entoa de um jeito maravilhoso e agradável aos nossos ouvidos. Aryel canta com o coração e sua adoração é tão tangível que realmente sentimos que estamos entrando em um lugar mais profundo. É uma música que fala de entrega e rendição, e continua a palavra da antecessora sobre amor maior que entra na linha por nosso favor.

Parece que a cada música que passa mergulhamos mais fundo em adoração, as letras são tão profundas que os nossos corações estão em êxtase. Quando “One Thing” inicia na voz de Aodhan King, o tema do CD já aparece. Essa música fala sobre milagre e que o sangue de Cristo nos purifica e que nos transforma e que Ele nunca espera nada de nós.

Open Heaven (River Wild) é o tema do CD e para mim fecha a primeira parte do álbum em um climax gigantesco, e quando olhamos para a capa do disco e ouvimos essa canção é como se estivemos submersos no que ela quer dizer. É literalmente o choque entre os céus abertos e um rio selvagem de amor profundo, é o céu se encontrando com a terra e por sua vez conosco. O encontro do sagrado fogo do espírito que vem furiosamente queimando dentro de nós e a Presença D’Ele é a Água viva que inunda o nosso ser e nos traz frescor com sua Glória.

A segunda parte do CD começa em “Transfiguration” na voz de Taya Smith um dos novos e fortes ícones do Hillsong. Aqui entramos em como Jesus se transformou depois que morreu na cruz por mim e por você, e que a partir da sua transfiguração realmente abrimos nossos olhos para sua imagem e semelhança de Deus e que essa beleza transforma as nossas vidas. Os arranjos da música junto com a ponte voz de Taya potencializa essa canção para algo além do que ouvimos.

Joel Houston canta “What A Saviour” que fala sobre a amizade de Jesus para com os pecadores como eu e você, ele não liga para o que nós fizemos no passado se hoje dissemos para ele que não queremos mais isso em nossa vida. Hoje como perdoados somos redimidos e santificados, que nosso estilo de vida foi regenerado e que não há mais nada em nossos ombros, pois toda a vergonha e peso do pecado foram retirados de cima de nós e já podemos respirar aliviados.

Com um teclado potente e muito puxado para o techno “Heart Like Heaven” ressurge como se estivesse submersa e trás com ela a palavra de misericórdia e perfeição que são coisas que vem do alto e que nós como simples humanos não podemos alcança-la, mas com o nosso coração quebrantado é tudo o que Ele quer de nós, corações que antes eram frágeis e que se tornaram tão fortes como os céus.

Jesus I Need You” fala sobre a esperança e de como é bom que tenhamos a fé e a confiança N’Ele, como é bom podermos confiar em um Pai que está sempre conosco, que cuida de nós em todos os tempos e se importa conosco.

A terceira parte tem uma retomada para o fim, com músicas mais fortes musicalmente falando, com crescentes ainda maiores e ótimos vocais que trazem peso e felicidade as músicas. Uma das minhas favoritas desse CD “Here With You” é sobre o amor que te acompanha aonde formos, e está aqui disponível de graça e que não espera nada em troca, que apenas quer nos amar livremente e sem amarras. Que aqui e agora é o melhor lugar no centro do amor mais forte e mais puro, o amor mais disponível de todos.

In God We Trust” é uma promessa sobre batalhas que serão batalhadas por nós, que apesar de empecilhos e barreiras poderemos passar por tudo isso e não seremos atingidos, que precisamos apenas confiar em Deus e em seu poderosos nome, porque por tudo Ele já venceu por nós.

Em “Faithfulness” temos uma palavra sobre fidelidade, essa que é maior e mais forte do que os nosso planos. Porque não existe isso de Deus é fiel, é nós é que devemos ser fiéis para com Ele e por tudo o que ele represente sobre a nossa vida. Que há tempo para tudo, tempo para tristeza e para alegria, mas a fidelidade D’Ele é infinita.

E para fechar o álbum temos “Never Forsaken”, a definição de amor. Eu acredito que na nossa vida tudo passa, mas se tem uma coisa que sempre permanece e sempre permanecerá vai ser o amor. E é disso que a música fala, que na sombra do nosso Salvador permaneceremos e que nunca vamos sair do Seu lado e que nunca vamos abandoná-lo e que agora que estamos com Ele, ficaremos para sempre.

Eu considero Open Heaven / River Wild um dos melhores CDs desse ano, ao lado de Might da Kristene DiMarco, We Will Not Be Shaken de Bethel Music e Meu Lugar é Aqui da Igreja Monte Sião. são álbuns como esses que fazer valer a pena cada centavo investido para o nosso próprio bem e para a nossa alma.

Ficha Técnica:

AlbumArt_{87A43E3E-DC06-46E8-B13D-81E573D35A38}_LargeCD: Open Heaven/ River Wild
Artista: Hillsong Worship
Ano: 2015
Nota: 5 estrelas

 

 

Deixe uma resposta