Café Retrô – Cinema e TV: O ano em que a Netflix reinou em nossas vidas

Por , 27 de dezembro de 2015 19:26

Retrospetiva 1

 

2015 foi o ano em que a Netflix se consolidou como o grande gerador e distribuidor de filmes e séries.

Antes disponibilizando somente conteúdo de outras emissoras, neste ano a Netflix alcançou o sucesso com a produção de conteúdo próprio, original e de qualidade como Sense 8, Narcos, Séries da Marvel, House of Cards e Unbreakable Kimmy Schmidt.

As séries da Netflix dominaram de longe a lista de melhores do ano. A televisão americana voltou-se mais para a continuação de séries de sucesso consolidado, com destaque para How to get away with a murder, que continua impecável.

Para a tristeza dos fãs, séries de grande sucesso como Mad Men e Downtown Abbey chegaram ao final, com últimas temporadas de grande repercussão.

Já no âmbito do cinema, este não foi um ano de grandes lançamentos… com a exceção de um blockbuster que vamos citar logo mais!

Tivemos a finalização da trilogia (de quatro filmes) de Jogos Vorazes, que foi de certa forma decepcionante; a esperada adaptação de Cinquenta tons de cinza, que pode não ter agradado a todos mas foi muito bem de bilheteria; Velozes e Furiosos 7, da franquia de grande sucesso, que acabou sendo um filme homenagem a Paul Walker – talvez o sucesso do longa tenha ocorrido mais pela movimentação dos fãs do que pelo conteúdo do filme; a continuação de Mad Max, sucesso nos anos 80, voltou com tudo para agradar aos fãs antigos e corre o risco até de concorrer ao Oscar; por fim, não podemos deixar de citar o grande destaque do ano: Star Wars – O Despertar da Força, que acabou de chegar nas telas e já é um sucesso consolidado. Ele tem tudo para conquistar mais fãs para a franquia!

No Brasil, continuamos focados em filmes de comédia “água com açúcar”, que buscam mais bilheteria do que conteúdo, exceto pelo excelente Que horas ela volta?.

Na televisão, enquanto os canais abertos patinam no conteúdo e no Ibope, poucas novelas se sobressaem, como Verdades Secretas e Além do Tempo.

 

 

OS MELHORES DO ANO

CINEMA

ex-machina-movie-largeStar Wars: Episódio VII – O Despertar da Força

A Teoria de Tudo

Mad Max

Ex-Machina

Que Horas Ela Volta?

 

SÉRIES

unbreakable-kimmy-schmidt-reviewHow to get away with murder

Unbreakable Kimmy Schmidt

Jessica Jones

Sense 8

Narcos

Kingdom

Demolidor

House of Cards

 

PIORES DO ANO

CINEMA

birdman1Birdman

Jogos Vorazes – A Esperança: Parte 2

Cidades de Papel

 

 

 

SÉRIES

lead_960Master of None

E olhamos para 2016, esperando algumas boas surpresas pelo caminho.

Deixe uma resposta