#CafénoOscar – Pipoca Salgada: Ponte dos Espiões

Por , 17 de fevereiro de 2016 19:23
Por Fanny Ladeira e William Souza

Header - Oscar 2016

#CafénoOscar – Ponte dos Espiões concorre em 6 categorias: Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante (Mark Rylance), Melhor Roteiro Original, Melhor Trilha Sonora, Melhor Mixagem de Som e Melhor Design de Produção

20151008-ponte-dos-espioes-papo-de-cinema-01

Em plena Guerra Fria, o advogado especializado em seguros James Donovan (Tom Hanks) aceita uma tarefa muito diferente do seu trabalho habitual: defender Rudolf Abel (Mark Rylance), um espião soviético capturado pelos americanos. Mesmo sem ter experiência nesta área legal, Donovan torna-se uma peça central das negociações entre os Estados Unidos e a União Soviética ao ser enviado a Berlim para negociar a troca de Abel por um prisioneiro americano, capturado pelos inimigos.

Will

Se você conhece e está acostumado com a dupla Steven Spielberg e Tom Hanks, sabe que dessa parceria que dura há anos saem muitas coisas boas não é mesmo? Ponte de Espiões é uma história embasada e que faz a cabeça dessas duas personalidades que amam dramas históricos.

img-1034424-ponte-dos-espioes-filme

“Ponte de Espiões” é um filme que eu esperava muito, mas que não decolou do jeito que esperei. Jogando a real é um filme sem muito climax ou reviravolta, e algumas vezes chega até a ser cansativo e previsível. Por mais que seja embasado em uma história verídica e que merece sim a atenção, não é um filme que vai te fazer suspirar ou ter espasmos de tanta emoção.

Tom Hanks é um ator que dispensa comentários, e ele consegue passar o que a personagem dele está pedindo, fazendo com que chegamos a simpatizar com a sua causa. Outra personagem que merece destaque é a do ator Mark Rylance, Abel é um homem que mesmo tendo os seus motivos nos cativa por sua história, nos fazendo lembrar que tudo sempre tem dois lados e dois pontos de vista.

Spielberg mesmo mantendo sua formula já batida e talvez um tanto quando gasta, consegue sair bem a frente desse trabalho. Fazendo desse filme uma obra visual e já bem conhecida com aquele excesso de luz de fundo característico. O longa tem uma técnica ótima, tanto a mixagem de som e a trilha sonora são maravilhosas, como o trabalho feito na direção de arte.

Por mais monótono que possa parecer, é uma bela aula de história com roteiro original, para os entusiastas da área, tenho certeza de que vão amar.

Fanny

bridge-of-spies-review_q8rm

Ponte dos Espiões é um filme dirigido por Spielberg e com Tom Hanks no papel principal, contando sobre a Guerra Fria. Eu tinha tudo para amar esse filme, mas não foi isso o que aconteceu.

É um grande filme, com um roteiro impecável e merece as indicações de Melhor Ator Coadjuvante para Rylance que está brilhante e de melhor roteiro original, mas quando chega a categoria de Melhor Filme, eu só posso imaginar que o rosto conhecido de Hanks e a ligação de Spielberg, que fez com que esse filme tenha conseguido um lugar entre os indicados.

O filme não é ruim, mas há muitos outros filmes do ano passado que foram infinitamente superiores.

Porém, o público respondeu bem melhor que eu ao ritmo mais devagar da história, e ao próprio Hanks que continua sendo o queridinho de muitos (inclusive o meu), mas de todos os outros 7 indicados, Ponte dos Espiões corre como o maior azarão.

Ficha Técnica:

Filme: Ponte dos Espiões

Ano de Lançamento: 2015

Diretor: Steven Spielberg

Elenco: Tom Hanks, Mark Rylance, Alan Alda e Amy Ryan

Nota do Will: 6/10

Nota da Fanny: 5,5/10

Crédito da Sinopse: Adoro Cinema

Deixe uma resposta