Nota Musical – Review Cleopatra, do The Lumineers

Por , 3 de junho de 2016 11:30

The Luminers retorna com o segundo CD da carreira. Eles não só fugiram da maldição do segundo disco, como entregaram um dos melhores álbuns do ano.

the-lumineers-cleopatra-deluxe

O folk voltou a moda de vez pelo jeito e temos tantas ótimas bandas fazendo um trabalho legal que pelo jeito (felizmente) ele vai demorar para ir embora, se um dia for de verdade.

Já falamos do The Lumineers (Leia AQUI), mas não sabia o que esperar do segundo álbum deles.

As músicas do disco de estreia fizeram bastante sucesso, principalmente com  Ho Hey tocando até nas rádios mais pop do Brasil.

O primeiro CD foi muito consistente, mas é em Cleópatra que a banda americana consegue transmitir uma honestidade com as suas músicas. Eles parecem que cantam de situações mais próximas, com mais coração e encanto.

Talvez o motivo tenha sido porque eles ‘colocaram as mulheres para dentro’.

O primeiro single é do álbum foi Ophelia, que ele canta “Honey I love you, that’s all she wrote“. Uma música com um refrão catch, mas uma canção que fala do cotidiano.

Eles ainda cantam Cleopatra (que dá o nome do álbum) e Angela.

Gale Song está na trilha sonora de Jogos Vorazes e é uma música que alguns de vocês reconheceram. Para quem conhece a história (seja dos livros u dos filmes) ao escutar dá para perceber exatamente porque ela chama Gale Song.

Long Way From Home é a música que mais me lembrou do primeiro CD, mas na sequência dela vem Sick in The Head que é be diferente dando aquele balanceamento.

Mas as músicas mais bonitas do álbum são Patience e Sleep on the Floor. A primeira tem uma melodia maravilhosa e a segunda já capricharam muito na letra.

É uma canção que fala sobro que duas pessoas queriam para as suas vidas. Em uma parte ele fala:

“And when we looked outside, couldn’t even see the sky
How do you pay the rent, is it your parents
Or is hard work dear, holding the atmosphere
I don’t wanna live like that”

Como disse no inicio, as canções tem mais alma e você sente naquela situação.

Ao analisar todo o conjunto das musicas, dá para perceber que The Lumineers acertou em cheio em todos os aspectos. Começando pelos arranjos e pelas letras, até chegar na ordem das músicas dentro do próprio álbum.

Dá vontade de pegar o carro e andar até que toque a última músicas, e aí começar o CD novamente e continuar andando até chegar em um destino inesperado.

Várias bandas da última safra de boas surpresas trouxeram um segundo álbum não tão bom quanto o primeiro. Chvrches e Of Monster and Men são um exemplo, mas The Lumineers foi no caminho ao contrário.

Hoje podem falar que o melhor CD da carreira deles é o que eles acabaram de lançar.

Abaixo vocês escutam o álbum completo!

Ficha Técnica:

the-lumineers-cleopatra-deluxeArtista: The Lumineers

Ano: 2016

Gravadora: Universal Music

Nota: 4,5/5 estrelas

Deixe uma resposta