Blá Blá Blá – Hoje tenho a estante dos meus sonhos: Relato de uma book-a-hollic

Por , 25 de junho de 2016 18:31

Depois de muitos planos, orçamentos e espera  finalmente consegui a estante que sempre sonhei.

IMG_7212

Quando o mundo dos livros de aberto para nós, é fascinante e assustador ao mesmo tempo. Há tantos livros que queremos ler e/ou ter, que como coisas como o tempo e dinheiro, se tornam muito pouco para  a quantidade de livros que queremos.

Só que o que ninguém te prepara, é que você vai precisar de espaço físico para guardar todos esses livros.  Ninguém vai te falar que depois de um tempo só comprando, você vai precisar de cada vez mais prateleiras e prateleiras para manter os seus livros bem organizados, limpos e de fácil acesso.

Você começa comprando uma prateleira, depois uma segunda prateleira, aí porque não tem mais espaço nas paredes, uma estante pequena, que parece ficar cheia já na montagem dos livros.

Talvez você compre uma segunda estante igual, e em pouco tempo, o espaço acaba.

Para quem mora com os pais como eu, o seu espaço se limita ao seu quarto para guardar as suas coisas, incluindo a sua coleção crescente de livros que inacreditavelmente não consegue parar de aumentar. (Talvez, por causa daquelas promoções que as suas amigas te mandam, como os 4 primeiros livros da série Outlander por R$ 20,00 cada.)

Eu passei por todas as fases acima.

Tinha uma boa estante que por uns 5 anos foi o suficiente, mas tive que começar a usar parte de trás para guardar os livros, quando o espaço acabou.

Há dois anos atrás, das 6 prateleiras dela, 3 já estavam com uma fileira oculta na parte de trás.

Além disso, por um problema dela mesmo, cada prateleira tinha um tamanho e tinha dificuldades de guardar os livros que queria juntos na mesma prateleira. Com isso, algumas vezes tive que separar gêneros e autores por causa disso, e isso me incomodava muito. MUITO.

E como ainda tenho (e não pretendo me livrar tão cedo) o meu computador de mesa, tinha uma mesa antiga que não combinava nem com a estante e nem com o resto do quarto.

Para piorar tudo, moro em uma casa alugada e não poderia colocar nada embutido, porque teria problemas se um dia quando precisarmos nos mudar novamente.

IMG_7206IMG_7207

Inspirada na estante da Thais aqui do blog, eu comecei a pensar exatamente do jeito que queria, e arrumei um ótimo profissional para o trabalho.

Ele veio em casa, viu como e do jeito que eu queria. Nesse momento, é importante já ter o que desejamos na nossa cabeça.

Falei como queria, mostrei a foto da estante da Thais e listei várias frescurinhas que para mim eram muito importantes, como uma divisão das prateleiras, um ‘descanso’ para os meus pés na escrivaninha, altura, e claro, todas as prateleiras com o mesmo tamanho.

Para o tamanho das prateleiras, pegamos o meu maior livro e aplicamos uma folga , para não ter problemas futuros.

Além do mais, pensando no futuro, há espaço atrás para se precisar ter mais uma fileira de livros.

A montagem da estante foi feita e um sábado à tarde, após anos esperando, eu começava a arrumação da minha estante.

IMG_7210

Ao contrário da outra, nessa eu tinha muito espaço. Mais espaço do que eu tenho de livros atualmente, o que deixou um espaço literalmente para eu pudesse brincar um pouco.

Deixei as duas prateleiras em cima do computador para enfeites e decoração, e ainda assim restavam outras 16 partes que eu podia montar como bem entender.

Separei duas só para o Harry Potter, porque quando você é fã de uma coisa há mais de 15 anos, você acumula de tudo.

Separei uma fileira para os romances, separando entre ‘romances’ como Emily Griffin e Jojo Moyes, outra para os chick lits e romances mais hots e uma só para os meus romances históricos.  Essa é a fileira do amor. <3

E como tenho alguns livros emprestados, fui deixando um espaço para quando eles voltarem.

E porque o #Projetopravida é muito presente na minha vida, tinha livros suficientes e por isso fiz uma fileira só de clássicos. Essa admito, ficou um pouquinho apertadinha. Mais uma Anna Karenina ou Hardy que comprar, já terei que mudar.

Mais uma vez, Jane Austen teve que ser separada do restante,  porque eu tenho muitos livros dela ela merece.

Aí o restante, fui preenchendo com os  meus YA’s, toda minha coleção de Crepúsculo ( eu tenho 4) e livros infantis, cada um ganhou o seu cantinho especial.

E o leão…

Por fim, a última fileira ficou livre e assim a deixei.

Como me ‘esqueci’ que ficaria sem gaveta, deixei uma parte para os meus CDs, livros emprestados e minhas cadernetas de anotação.

A escrivaninha ficou do jeito que queria, mas depois de algumas semanas não está mais tão organizada como deveria.

        Expectativa                                                               Realidade

IMG_7213     IMG_7422

 

Toda essa brincadeira ficou em R$ 1.600,00, que há 4 anos atrás com os meus livros perfeitamente colocados não era um valor interessante, afinal você pensa ‘Quantos livros eus conseguiria comprar com esse valor?’.

Mas chega um fase da vida que você quer cuidar bem do que gosta, e se tem algo que merece, são os meus livros.

O sonho de todo book-a-hollic é ter uma estante dos sonhos e essa é a minha. Ela é tão grande em relação ao meu quarto, que não consigo tirar uma foto dela ‘inteira’.

Daqui uns anos ela pode ficar pequena demais, mas hoje, ela é perfeita e não tem sentimento melhor do que deitar na cama e olhar para o seu sonho e ter certeza que a realidade é melhor.

IMG_7414

Um comentário para “Blá Blá Blá – Hoje tenho a estante dos meus sonhos: Relato de uma book-a-hollic”

  1. Joana D'arc disse:

    Que lindo!Parabéns.
    Queria fazer algo assim no meu quarto, pena que ele não é apenas meu espaço, tenho que dividir com minha irma! Logo, com duas camas um computador e guarda-roupa, não fica espaço para meus livros, eles ficam guardados competindo espaço com minhas roupas e em caixas.

    [Responder]

Deixe uma resposta