Fala Série! – Review da 4° Temporada de Orange is the New Black (Sem Spoilers)

Por , 2 de julho de 2016 17:40

Orange is the New Black retornou para mais uma temporada, onde muitas mudanças e reviravoltas acontecem, porém, em uma temporada ligeiramente mais fraca que a anterior.

oitnb-season4

Quando a 3° temporada de Orange is the New Black (uma das séries originais do Netflix de maior sucesso) estreou ano passado, vários fizerem binge-watching (como eu) durante o final de semana. Muitas questões que ficaram em aberto, (assim como todas as mudanças eminentes) prometiam uma quarta temporada muito interessante, o que fizeram muitos esperar ansiosamente. (Leia o nosso review da 3° Temporada AQUI)

A graça de OITNB é que não virou maçante. Após o sucesso da primeira temporada, eles perceberam que a série tinha um potencial muito grande para explorar com outras personagens, não só através da Piper. Tanto potencial, que 4 anos depois, se a Piper sair não vai fazer tanta falta ( para não dizer que já faz uma duas temporadas que ninguém aguenta ela).

Com dezenas de personagens diferentes, as histórias e tramas para se explorar e aprimorar o show, sem o tornar chato e repetitivo.

Só que outras personagens, como Pennsatucky, Red,Taystee e Poussey que tiveram uma terceira temporada maravilhosa, não tiverem espaço para brilhar o suficiente nesse. Há um episódio no final da temporada que acontecesse algo muito OMG! e é isso.

Orange Is The New Black S4Parece que os roteiristas tentaram manter o foco em todos os personagens para agradar ao público. Só que com isso, restou pouco tempo para focar nos dramas com profundidades e tudo ficou muito superficial. Se você pensar nas temporadas anteriores, cada personagens teve a a sua chance de ter um, vários ou até mesmo temporadas inteiras forçadas nelas.

Pennstucky foi uma que depois de brilhar bem como coadjuvante, teve um ótimo espaço aproveitado na temporada passada.

Na temporada passada, eu chorava e ira em praticamente todos os episódios, o nível de conectividade foi muito grande, ao contrário dessa. Até mesmo o fato de ter chegado um monte de novas prisioneiras, não implicou em nenhum tipo de conflito grande interessante.

E mesmo os que apareceram, não foram bem explorados.

Há vários momentos tocantes e incríveis e finalmente conhecemos parte da história de alguns personagens secundários, o que ajuda a entender um pouco mais sobre as suas personalidades e o porque elas estão ali. Como disse no começo a série é uma das melhores atualmente e ainda continua sendo.

Porém, esperava (eles poderiam ter dado) uma temporada melhor.

Deixe uma resposta