Entre Páginas – A Dama da Meia-Noite

Por , 6 de outubro de 2016 12:05

A cada livro, as solteironas de Spindle Cove vão conquistando os seus pretendentes improváveis e os leitores, mas Kate e principalmente o Cabo Thorne são totalmente irresistíveis.  <3

tessaApós anos lutando por sua vida, a doce professora de piano, Srta. Kate Taylor, encontrou um lar e amizades eternas em Spindle Cove. Mas seu coração nunca parou de buscar desesperadamente a verdade sobre o seu passado. Em seu rosto, uma mancha cor-de-vinho é a única marca que ela possui de seu nascimento. Não há documentos, pistas, e nem ao menos lembranças.

Depois de uma visita desanimadora para sua ex-professora, que se recusa a dizer qualquer coisa para Kate, ela conta apenas com a bondade de um morador de Spindle Cove, o misterioso, frio e brutalmente lindo, Cabo Thorne, para voltar para casa em segurança. Embora Kate inicialmente sinta-se intimidada por sua escolta, uma atração mútua faísca entre os dois durante a viagem. Ao chegar de volta à pensão onde mora, Kate fica surpresa ao encontrar um grupo de aristocratas que afirma ser sua família.

Extremamente desconfiado, Thorne propõe um noivado fictício à Kate, permitindo-lhe ficar ao seu lado para protegê-la e descobrir as reais intenções daquela família. Mas o noivado falso traz à tona sentimentos genuínos, assim como respostas às perguntas de Kate.

Acostumado com combates e campos de batalhas, Thorne se vê na pior guerra que poderia imaginar. Ele guarda um segredo sobre Kate e fará de tudo para protegê-la de qualquer mal que se atreva atravessar seu caminho, seja uma suposta família oportunista ou até ele mesmo.

Somos apaixonados por romances históricos, e se algumas histórias que podem parecer parecidas, cada autora carrega seus próprios elementos para a trama, as tornando totalmente diferenciadas.

A série Splinde Cove de Tessa Dare é apaixonante, mas achei que não gostaria tanto de outro livro da série depois de ler Uma Semana Para se Perder, afinal as aventuras de Minerva e Colin foi muito bem escrita. Porém, (ainda bem) estava enganada.

Conheça os outros livros dessa série:

<3 Spindle Cove #01 – Uma Noite para se entregar

<3 Spindle Cove #02 – Uma Semana para se Perder

Admito, não esperava muito desse livro, porque o perfil do Cabo Thorne nos outros dois livros era de um homem muito fechado e não conseguia imagina como a doce Kate (e com um passado claramente difícil), funcionariam juntos.

Mas aí entra toda o talento da Tessa, que faz com que torçamos pelo casal, já no primeiro instante. Não há um instante em que os dois estão juntos que não torcemos por pelo menos um beijo.

Entre conversas difíceis sobre o passado e um cachorro muito fofo, só é necessário um pouco de contato entre os dois para percebemos que não há casal mais perfeito.

A melhor característica das grandes autoras de romances históricos, é que elas conseguem dosar muito bem o romance, as cenas mais picantes, e principalmente, contar a história dos seus personagens.

Conhecemos o passado de Kate e Thorne e até descobrimos uma grata surpresa que essas histórias trazem a tona. Todo o tormento que Kate passou pela marca no seu rosto e as más lembranças que Thorne carrega das guerras, são bem trabalhados e explorados para que no final, tudo faça sentido e tenha ainda mais valor.

Um romance cheio de lágrimas, mas também recheado de momentos para rir e suspirar. Basicamente, a melhor companhia para um sábado/domingo.

Ficha Técnica:

Livro: A Dama da Meia-Noite

Autora: Tessa Dare

Editora: Gutenberg

Páginas: 288 páginas

Nota: 5/5 páginas

2 comentários para “Entre Páginas – A Dama da Meia-Noite”

  1. Mariana disse:

    Estou cada dia mais encantada com as histórias da Tessa Dare. Tinha criado uma expectativa alta pra esse livro. Adora mocinhas gente boa que se envolvem com mocinhos com cara de mau, envolvendo cachorro então. Agora que final mais fofinho que foi aquele!

    [Responder]

    Fanny Ladeira disse:

    Eu fui ler esse livro sem pensar que poderia ser melhor que Uma Semana para se perder e me surpreendi. Eu gosto de mocinhas que conseguem desconstruir os mocinhos maus e durões. <3
    O cachorro foi um toque muito bom e a o final, chorei horrores com a história de dois. Muito lindo mesmo.
    Eu li A Dama e o Ferreiro, que é um conto da Diana, curtinho, mas bem bacana e agora não vejo a hora de ler o resto das histórias da Tessa.

    [Responder]

Deixe uma resposta