Nota Musical – A pequena e grande Vitrola Sintética

Por , 16 de novembro de 2016 11:26

Ser indicado para o Grammy já é uma conquista, mas ser indicado dois anos consecutivo ao Grammy Latino não é para qualquer um. Mas para a banda paulistana, Vitrola Sintética, essa é uma realidade.

vitrola-sintetica-fotos-1

O cenário musical nacional pode parecer morto e sem criatividade, mas longe dos hits que tocam nas rádios, há algumas bandas de qualidade que fazem menos sucesso.

A banda paulistana, Vitrola Sintética é uma delas, que começaram em  2006 e agora possuem  3 CD’s lançados e só (SÓ) duas indicações para o Grammy latino na bagagem.

A primeira indicação chegou ano passado, como melhor como revelação e melhor engenharia de som, com o álbum Sintético.

Nesse terceiro trabalho da banda, lançado em 2015, possui canções gostosas que você já na se conecta na primeira audição. Beijo de Rimbaud e Mergulhar dá uma vontade de deitar em uma rede, ligar o som bem alto e não levantar mais.

Mas a minha canção favorita é Inconsciente Inconsistente que tem a participação da Bárbara Eugênia (se você precisa ouvir algo da Bárbara para se apaixonar, ouça Coração de É o que Temos).

Além de Sintético, a banda tem Expassos de 2013 e Noticias de 2009, no site deles vocês podem ouvir todos.

Ato Número 1 do primeiro disco, apesar de ainda mostra a banda em seu inicio, já é bem evidente o talento deles.

A faixa que eles concorrem é Deus, onde eles cantam “quando olho pra mim, tenho que esquecer de quem vai me julgar.” <3

O quarteto formado por Felipe Antunes (voz e guitarra), Otávio Carvalho (baixo e programações), Rodrigo Fuji (guitarra e piano) e Kezo Nogueira (bateria), lançou a faixa em um vinil especial de Sintético, e como faixa bônus nas versões online

E porque a cena latina alternativa é muito mais atrativa do alguns podem imaginar, a banda concorre com Vez Primeira de Carla Morrison (lindíssima) e Es como el Día, uma baladinha  bacana.

Se o prêmio virá nessa segunda vez, só o tempo dirá, mas banda entrou no radar de muitas pessoas lá fora e aqui no Brasil, e pela qualidade do trabalho, os meninos merecem essa atenção.

O Grammy Latino acontece no dia 17/11 em Las Vegas, além do Vitrola, o Brasil também tem chances de prêmios Djavan, Ian Ramil e Sophia Abrahão

Deixe uma resposta