Entre Páginas – A Metamorfose #Projetopravida

Por , 21 de novembro de 2016 11:30

Em nosso #Projetopravida (Leia sobre ele AQUI), cheguei finalmente em Franz Kafka e o seu badalado A Metamorfose.

a_metamorfoseA Metamorfose é a mais célebre novela de Franz Kafka e uma das mais importantes de toda a história da literatura. O texto coloca o leitor diante de um caixeiro-viajante – o famoso Gregor Samsa – transformado em inseto monstruoso.

A partir daí, a história é narrada com um realismo inesperado que associa o inverossímil e o senso de humor ao que é trágico, grotesco e cruel na condição humana – tudo no estilo transparente e perfeito desse mestre inconfundível da ficção universal.

Kafka, até para quem não convive muito com literatura europeia é um nome conhecido e comentado. Quando você faz resenhas em um blog literário, há algumas lacunas que você vai tentando (e precisando) preencher ao longo da sua vida.

Kafka era uma lacuna da minha vida literária, assim como outros escritores e grandes obras já foram um dia. Há ainda um grande caminho para se percorrer, mas estamos firmes.

No começo do ano passado, visitei a Casa das Rosas em São Paulo, e havia uma exposição falando exatamente de A Metamorfose e fiquei com uma pulga atrás da orelha, o momento de ler o livro estava chegando e finalmente peguei para ler esse pequeno livro.

Mas o que ele tem de pequeno, tem de envolvente e impactante. A leitura em si é tranquila e sem grandes percalços. Kafka não fala difícil, não toma tempo explicado o que aconteceu ou dando desculpas para o comportamento de seus personagens. É o que é.

Só que quando você termina o livro, a história não fica ali, entre as páginas e você pode passar vários dias como eu, ensaiando em tudo o que leu, em Gregor, em Grete e em tudo o que aconteceu.

É uma situação inacreditável e fora da realidade, mas lhe faz pensar em tudo de novo e de novo.

A cena final em que Gregor aparece na sala de jantar enquanto a irmã toca o violino, é triste, aterrorizante, inacreditável, e ao mesmo tempo, muito humana.

Cada livro fala diferente e com a pessoa certa. Você não precisa gostar ou se tocar com alguma coisa só porque é importante em qualquer círculo.

Mas ainda assim, ler A Metamorfose me fez perceber porque o livro é tão importante, cultuado e lembrado. É uma história para carregar para a vida, ainda que não seja a melhor, ou a minha favorita.

Cada livro tem o seu peso e o desse é maior do que poderíamos imaginar.

Ficha Técnica:

Livro: A Metamorfose

Autor: Franz Kafka

Editora: Companhia das Letras

Páginas: 96 páginas

Nota: 4/5 estrelas

Deixe uma resposta