Vamos Explorar! – Um passeio pela Bath de Jane Austen

Por , 16 de dezembro de 2016 18:26

sam_3341

Quem é fã de literatura já se topou com vários livros que lhe levam para lugares incríveis. Você abre as páginas de Nárnia e é carregada para um mundo mágico. Hogwarts vira a sua escola, você consegue imaginar as cenas de A Batalha do Apocalipse como se estivesse acontecendo na sua frente.

E quando essa paixão se torna uma obsessão, você simplesmente quer conhecer os lugares onde aquela história foi criada ou se passa. A necessidade de aproximação pode virar até uma dor física, se não tratada a tempo.

Desde que virei obcecada com a Jane Austen, eu sempre quis afazer um passeio pelos lugares onde ela morou, onde ela escreveu as suas peças e os lugares que as dezenas de filmes e séries sobre a sua obra foram gravados.

Com a libra a 6 reais, viajar para a Inglaterra estava fora dos meus planos, mas acabei cedendo por causa de uma coisinha chamada Harry Potter e A Criança Amaldiçoada ( que falamos AQUI), e com uma hospedagem barata resolvi estica os meus dias por lá.

sam_3243E aí o velho sonho de conhecer Bath, se tornou realidade. Jane nasceu em Steventon e morreu em Winchester, Bath foi um lugar que ela visitou quando pequena e que depois moraria muitos anos com o seus pais e depois com a sua mão e irmã, quando ele faleceu.

E essa estadia após a morte do pai, foi a pior parte financeira da nossa querida escritora. Tanto que não registro de nenhum livro que ela tenha escrito durante esse período.

Ainda assim, é a única cidade que ela se inspirou para duas das suas obra, A Abadia de Northanger e  Persuasão.

Então, depois de ficar uns dias em Londres, eu juntei a minha mochila e fui para Bath.

sam_3250Originalmente, eu teria um dia inteiro em Bath e um dia em Glastonbury. Mas por causa de uma confusão de horários de ônibus, eu tive que abordar a parte de Glastonbury. Fico trsite com esses imprevisto, mas sempre é mais uma desculpa para voltar depois.

Bath não é tão pequena, mas também não é nenhum metrópole. Pelo seu centro é possível andar tranquilamente por ruas charmosas, que remetem muito ao período regente.

E é perto dessas ruas que fica o Jane Austen Centre, um espaço totalmente dedicado para falar sobre Jane. No espaço, há a oportunidade de você receber uma visita guiada sobre a vida e obra de Austen. Descobri muito e fiquei encantada com os modelos de vestidos e acessórios daquele tempo, há ainda uma lojinha super charmosa (que você também pode comprar as coisas online AQUI).

E um lugar para tomar chá no último andar.

Saindo do  Jane Austen Centre, você tem a oportunidade de subir e conhecer o Royal Crescent de Bath e um das primeiras construções do tipo na Inglaterra.

sam_3258

Se descer, você estará de volta nas ruas do Centro e pode visitar a Abadia de Bath e a casa dos Banhos Romanos, famoso termas que há muitos séculos levava as pessoas para a cidade, já que tinha propriedades terapêuticas.

A família Austen morou em diversas casas pelas cidade, mas só uma recebeu a plaquinha azul, indicando isso. A casa hoje se transformou em um hotel e fica perto do Holburne Museum (com entrada gratuita) e um lindo parque na porta.

Quando decidi os dias que passaria em Bath, foi no escuro, mas sem querer escolhi exatamente para me hospedar ali durante a semana do Jane Austen Festival, uma semana inteira recheada de palestras e eventos sobre a Jane e suas obras.

Como fui no meio da semana, não peguei o tradicional desfile regencial que acontece no domingo e o baile temático que aconteceu no sábado seguinte. Tive a oportunidade de presenciar muitas pessoas andando com as roupas típicas pela cidade e a visão sempre trazia um sorriso para o meu sorriso.

sam_3264Havia carros e toda a modernidade ao redor, mas ainda assim era incrível.

Apesar disso, e sem meu celular comigo (eu tinha esquecido em Londres), fiquei um pouco perdida sobre o que fazer na cidade, e me peguei fazendo um passeio sozinha pelos lugares da vida da Jane ali (como a igreja que seus pais se casaram) e passei muito tempo sentada nos bancos admirando a beleza da Abadia.

Bath é uma parada dos sonhos para qualquer fã de Austen, mas dois dias sem uma programação bem recheada pode acabar sobrando tempo.

Outro detalhe, é que eu conheci Bath dias depois de ter visitado Stratford-Upon-Avon, terra de Shakespeare (posteriormente conto sobre essa experiência também), e Stratford é Shakespeare.

4 casas para se visitar dentro e fora da cidade, o Teatro da Royal Shakespeare Company, passeios de barcos temáticos e estátuas espalhadas por toda a cidade. A cidade abraçou o seu residente mais famoso com toda a vontade.

Bath tem Jane, mas além dali não ter sido a sua cidade favorita e ela ter nascido e morrido em outra cidade, o lugar é famoso por outras coisas, como os banhos romanos, a própria Abadia, uma grande universidade e tem até outra escritora famosa, Mary Shelley de Frankstein, então não me senti tão próxima de Jane ali, quanto me senti de Shakespeare em Stratford.

Como é uma cidade turística para os ingleses também, hotéis são um pouco caros por ali, e eu optei por ficar no Bath Backpackers e foi a melhor escolha que fiz.

Perto da estação e exatamente no quarteirão atrás da Abadia, não poderia ter escolhido outra localização.

A vida pode ter mostrado para Jane que morar em Bath não era a mesma coisa que morar ali, mas essa charmosa cidade conquista com a sua beleza clássica e relativamente simples.

sam_3350

Um comentário para “Vamos Explorar! – Um passeio pela Bath de Jane Austen”

  1. Joana D'arc dos Santos Barbosa disse:

    Muito bom! Parabéns pela resenha!
    Queria muito conhecer esses lugares.

    [Responder]

Deixe uma resposta