Retrospectiva 2016 – O Melhor do Café: Livros

Por , 30 de dezembro de 2016 12:30

E finalmente….os livros!

paraty

Temos muito interesses e sabemos da importância de sair e viver a vida, mas ainda há poucas experiências que se comparam com a de sentar e ler um livro, que ainda não encontramos nada pode substituir.

Quando abrimos as páginas de uma nova história, podemos ler em ‘uma sentada’, demorar alguns meses, ter que colocar metas diárias para vencer ou até mesmo abandonar por alguns meses para depois retomar.

Acontece que mesmo quando um livro nos é recomendado nunca sabemos como aquela história vai nos encantar, fascinar ou nos impressionar.

O ano de 2016 foi importante porque juntas vencemos um grande desafio, Guerra e Paz, e mesmo com todas as colocações que faremos em breve aqui no blog, o livro ainda entra como um dos melhores livros do ano.

Sim, é gigante, mas vale a pena.

E junto com Tolstói, descobrimos grandes escritores que passavam batido nas livrarias/biblioteca e agora são queridos, romances que nos fizeram suspirar e antigos e novos gêneros que vieram bater na nossa porta e entrar novamente nas nossas listas de prioridades.

Veja Também:

Lista de Leitura de 2016

Fechamos o ano com a nossa lista de TBR maior do que quando começamos, mas com a certeza de que estamos fazendo boas escolhas pelo caminho.

Nossos livros favoritos (sem nenhuma ordem especifica) são:

Sabrina

sabrina

 

 

Guerra e Paz de Liev Tolstói

David Copperfield de Charles Dickens

A Luz entre os Oceanos de M.L. Stedman

Os Luminares de Eleanor Catton

 

 

 

Thais

thais

 

 

Guerra e Paz de Liev Tolstói

A redenção de Lisa Kleypas

Champion de Marie Lu (Série Legend)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fanny

fannyAltos Voos e Quedas Livres de Julian Barnes (Favorito de todos!)

O Filho Eterno de Cristovão Tezza

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada de JK Rowling

Meio sol amarelo de Chimamanda Ngozi Adichie

O Quarto Dia de Sarah Lotz

A dama da Meia-Noite de Tessa Dare

A Metamorfose de Franz Kafka

Os Luminares de Eleanor Catton

 

 

 

 

Deixe uma resposta