Café Irlandês – 10 leituras essenciais para o nosso novo mundo

Por , 15 de fevereiro de 2017 11:33

cafe irlandes

 

O mundo está uma bagunça e vive momentos de incertezas.

A única diferença é que agora já vimos tudo isso. Sabemos, tudo o que acontece quando um país deixa um (ou vários) poderosos preconceituosos tomar conta, quando abandonamos pessoas em zonas de guerra e quando deixamos as nossas velhas crenças ditar o que devemos fazer.

Os livros, não é a toa que 1984 entrou na lista dos mais vendidos nos Estados Unidos, são uma ótima ferramenta para trabalharmos a empatia e abrirmos os olhos.

Abaixo, listamos 10 livros essências para esse período tão conturbado.

1 – O Diário de Anne Frank de Anne Frank

Anne Frank

Não é tão triste como pode soar, o destino dela foi trágico, porém isso (obviamente) não está em seu diário. Mas é uma viagem ao passado ler uma descrição tão pura sobre os horrores que a sua família passou, enquanto tentava ser uma adolescente, mesmo presa junto com a família em um sótão.

2 – Eu sou Malala de Malal Yousef

Eu sou malala

Falamos do livro AQUI, mas é uma leitura praticamente obrigatória para os dias de hoje.

Além de contar os detalhes  os desafios que o seu pai enfrentou e toda a sua recuperação, Malala trás uma outra luz para o islamismo, além das manchetes sensacionalistas dos jornais e dos pré-conceitos que podemos ter.

Posso afirmar que Malala foi uma inspiração para a minha transformação e me abriu os olhos para tudo que poderia ajudar ao meu redor.

3 – Sem lugar para  se Esconder de Glenn Greenwald

sem-lugar-para-se-esconder-glenn-greenwald

Mais do que ficar falando que tudo é teoria a conspiração, é interessante perceber como nem tudo é teoria da conspiração.

É muito Black Mirror mesmo.

4 – 1984 de George Oswell

1984

Há várias distopias por aí, mas 1984 de Oswell ainda consegue ser uma das mais aterrorizantes.

Não tem criança lutando até a morte como em Jogos Vorazes, mas tem aquela pressão para ser exatamente como a sociedade manda.

5 – A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak

A menina que roubava livros

Eu recomendaria esse livro mesmo se estivéssemos vivendo em um mundo de flores. Uma história para se abraçar e ler com o coração e a mente aberta.

6 – O Menino do Pijama Listrado de John Boyne

O menino do pijama listrado

Boyne tem tantos livros que se encaixariam para essa lsita, mas resolvi colocar esse que é seu mais famoso,proque fala pela visão de uma criança e mostra exatamente o que uma criança sofria durante a segunda guerra mundial.

7 – O Caçador de Pipas de Khaled Hosseini

pipa_g

Esse é um livro triste. Muito triste, mas muito essencial.

Mostrando com detalhes como é viver dentro de um regime totalitário e cruel.

8 – Não me abandone Jamais de Kazuo Ishiguro

Nãomeabandonejamais

Leia o nosso review AQUI.

De uma forma sutil e muito bem desenhada, Ishiguro nos faz considerar o quanto vale a vida de cada pessoa.

9 – Meio Sol Amarelo de Chimamanda Ngozi Adichie

meio-sol-capa

Um daqueles livros que faz você abrir os olhos e pensar que o mundo não tem solução, mas que há muitas boas pessoas por aí que sofrem por isso.

O livro trata de vários conflitos ocorridos na Nigéria, que eu admito, nunca havia tomado conhecimento antes da leitura.

Foi um dos meus livros favoritos do ano passado e falei dele AQUI.

10 – A Chave do Tamanho de Monteiro Lobato

2688197

De todas as histórias de Lobato essa é a mais especial! Ficaria feliz se a Emília conseguisse resolver os nossos problemas da mesma forma que ela faz nessa história. O mundo seria muito melhor.

Deixe uma resposta