Entre Páginas – Surrender to The Earl

Por , 21 de setembro de 2017 11:08

Bora conhecer mais uma autora de romance histórico?

IMG_3388Ela quer um favor, não um noivo.

Audrey Black cria um plano repentino de solicitar ajuda de um visitante para recuperar a sua propriedade herdada com a morte do marido. Tendo a sua visão tirada durante a infância, Audrey sempre foi mantida reclusa pela sua família, e agora que o enigmático Robert Henslow, Earl de Knightsbridge, complicou o seu plano para ganhar a sua independência, insistindo que eles fiquem noivos de mentira, para enganar a sua família.

Foi o dever que levou Robert até a porta de Audrey, mas a proposta de casamento pode ser apensa por culpa. Compaixão. Ou algo mais urgente ou inesperado. O noivado deveria ser para o beneficio de Audrey, mas ainda, é Robert que precisa prvar para a intrigante Audrey o quando os dois tem a ganhar ao tornar o noivado uma realidade e convencer ela a se entregar a mais doce paixão.

Eu sempre gosto de ler uma série de romances históricos pelo primeiro livro. Porém, tive boa sorte no passado em começar no meio da bagunça hahah.

Foi o que aconteceu com a Kathryn Smith e a sua maravilhosa série Ryland Brothers, com a ainda então desconhecida no Brasil, Lisa Kleypas e eu começando pela metade nos Hathaways, e agora foi a vez de Gayle Callen, já que esse livro é o segundo volume da série Brides of Redemption.

Há várias fatos no seu Surrender to The Earl, que tornam o livro único. Primeiro, temos uma protagonista totalmente cega, mas um mocinho atormentado pelo passado e com o sentimento de ‘acertar’ a sua divida com ela.

Até aí a autora nos abasteceu com os fatores e ‘desculpas’ perfeitas para o romance. Mas mesmo tendo varias oportunidades de já começar um romance quente, Callen tira o devido tempo para fazer com que Audrey, comece a confiar, gostar e ficar totalmente apaixonada por Robert.

Decidida a recuperar a sua liberdade e ser dona de si, Audrey luta contra todos da sua casa para atingir isso, e não muda o seu caminho quando Robert lhe sugere algo diferente do que ela deseja.

O ponto alto desse livro é realmente essa ‘teimosia’ da personagem em ser independente, não há uma formula mágica e Robert, o mocinho, parece entender isso muito bem.

Não é um livro excessivamente engraçado, mas a sua leitura é leve e gostosa.

Único grande problema aqui é que a  Callen toma muito tempo deixando Audrey ser ela, e faltou espaço para o romance. Até a conclusão final é rápida e corrida, sem que o leitor possa experimentar a felicidade do casal.

Agora vou atrás dos outros livros, para saber o que mais Gayle tem para nos oferecer.

*Nível de Inglês: Intermediário/Avançado*

Ficha Técnica:

Livro: Surrender to the earl – Segundo livro da série Brides of Redemption

Autora: Gayle Callen

Editora: Avon Books

Páginas: 376 páginas

Nota: 3,0/5,00 estrelas

Deixe uma resposta