Pipoca Salgada – A Forma da Água e o conto de fadas de Guilherme Del Toro #CafenoOscar

Por , 5 de fevereiro de 2018 10:20

Oscar Header 2

 

Participe do nosso Bolão do Oscar 2018!

Deixe as suas apostas para a maior festa do cinema mundial!

Quero Participar!

Guilherme Del Toro não é novato em contar histórias fantásticas e humanas, e é com a ajuda de Sally Hawkins e uma criatura marinha esquisita, mas linda, ele consegue novamente.

A Forma Da Agua

Década de 60. Em meio aos grandes conflitos políticos e transformações sociais dos Estados Unidos da Guerra Fria, a muda Elisa (Sally Hawkins), zeladora em um laboratório experimental secreto do governo, se afeiçoa a uma criatura fantástica mantida presa e maltratada no local. Para executar um arriscado e apaixonado resgate ela recorre ao melhor amigo Giles (Richard Jenkins) e à colega de turno Zelda (Octavia Spencer).

Em uma carreira recheada de grandes filmes, não é surpresa para ninguém que Guilherme Del Toro e o seu A Forma da Água, conseguiu 13 indicações ao Oscar 2018.

Como Diretor e roteirista, ele criou nos últimos 30 anos, tramas diferentes, carregadas em elementos diferentes e nos trouxe pequenos tesouros. O maior deles tinha sido O Labirinto do Fauno, lançado em 2006.

imageApesar de terem temáticas diferentes há vários elementos parecidos em sua nova obra prima, The Shape of Water. É usando um pano de fundo ligeiramente assustador, que Del Toro nos trás agora uma história de amor entre Elisa e uma criatura marinha desconhecida.

O  grande triunfo aqui é deixar que as cenas e as emoções tomem conta da tela, ao invés de recorrer a conversas fracas, e é por isso, que a deficiência de Elisa aqui ganha um tom ainda mais especial.

Você perceberá em muitos momentos, que o filme poderia ser mudo e ainda assim não teria muita diferença, afinal sãs as canções estrategicamente colocadas ao logo das quase duas horas de duração, que dão o tom que Del Toro quer levar a sua história.

Não é de hoje que sei que Sally Hawkins arrasa, mas fico contente dela finalmente começar a receber a atenção que merecia, enquanto Michael Shannon continua interpretando os vilões e Victoria Spencer assume mais uma vez a posição de uma mulher forte.

Ainda com tudo isso, eu terminei o filme com uma dorzinha de ter apreciado muito todos os elementos do filme, mas não ter amado a história.

Tinha tudo para ser, mas não foi.

Mas uma coisa digo: vá ver esse filme no cinema. Ele e você, merecem ver essa belezinha na melhor e maior tela que tiver na sua cidade.

#CafénoOscar: A Forma da Água concorre ao Oscar em 11 categorias, Incluindo Melrhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Original, Melhor Atriz (Sally Hawkins), Melhor ator Codajuvante (Richard Jenkins) e Melhor Atriz Coadjuvante (Octavia Spencer)

 

the-shape-of-water-poster-405x600

Ficha Técnica:

Filme: A Forma da Água (The Shape of Water)

Diretor: Guilherme Del Toro

Elenco: Sally Hawkins, Michael Shannon, Richard Jenkins e Octavia Spencer

Ano de Lançamento: 2018

Nota: 9/10 estrelas

Sinopse: Adoro Cinema

Deixe uma resposta