Posts com a tag:Arcade Fire

Nota Musical – Everything Now: A volta do Arcade Fire

Por , 17 de agosto de 2017 22:38

A banda canadense volta com um novo disco e um turnê pelo Brasil.

chrome 6/2/2017 , 3:15:57 PM Chrome Legacy Window Arcade Fire (@arcadefire) • Instagram photos and videos - Google Chrome

Nada do Arcade Fire é simples. Nada acontece sem mistérios, sem várias camadas de sons e uma riqueza musical que não é tão fácil encontrar por aí. Entre as bandas mais famosas indies, eles foram os únicos que conseguiram manter esse forma de trabalho por tanto tempo.

Com o último CD, Reflektor, lançado em 2012 (Leia AQUI o nosso review do álbum que seria o melhor daquele ano), houve uma grande campanha de marketing ao longo do globo e o tão esperado material, foi lançado recheado por mistério, uma montagem no You Tube unindo o álbum e o filme Orfeu Negro e o esperado retorno ao Brasil.

Já Everything Now, que saiu em julho, foi mais ‘tranquilo. Mas, foi o álbum ser lançado e já ouvi tantas coisas atravessadas e ruins sobre ele, que fiquei com medo. Não sei vocês, mas há alguns artistas que um álbum ruim não vai fazer com que você pare de gostar deles, mas vai te deixar triste.

Afinal, ali estava um material que tinha tudo para lhe agradar.

Continue Lendo!

Nota Musical – Review Policy do Will Butler

Por , 11 de março de 2015 20:41

e2b69b78

Antes de ouvir esse CD, fiquei me lembrando de que esse era um CD solo do Will Butler (não confundir com o Win, seu irmão e líder da banda) e não mais um álbum do Arcade Fire, para que eu assim pudesse tentar ter uma experiência mais ‘limpa’ com que ouvia.

Já na primeira música, Take my Side, Will já mostra que realmente esse CD é só dele e que essa música não ficaria tão deslocada, por exemplo, em um álbum do Jack White e que realmente ele trazia um som próprio.

Afinal, mais do que uma vontade de não ficar parado durante o hiato da sua banda, um disco solo, representa o que ele quer experimentar e se aventurar, longe do que a influência do nome da banda.

Usando uma referência bem próxima do que ouço sempre, é o The Killers. Pela quantidade de músicas country dos seus projetos individuais, é quase possível imaginar que eles são uma banda country.

Mas esses voos que os integrantes da banda fazem longe da sua turma, costuma ser mais benéfica do que o contrário. Eles vão e praticam um pouco, ousam, descobrem o que estava afastado do seu ‘som comum’ e tudo isso volta como um beneficia para a banda quando o hiato acabar e uma nova fase começar.

Porém, como ele também faz parte do grupo, Something’s Coming e What I Want não ficariam deslocadas em um CD do Arcade.

Talento Will já provou que tem faz muito tempo (ele concorreu ao Oscar de melhor trilha em 2014 pelo filme Ela), e é até um pouco difícil imaginar que esse é o seu primeiro álbum solo, só que a qualidade mostra que os mais de 10 anos de experiência com o Arcade realmente valeram a pena.

Músicas como Finish What I Started e Son of God, são alguns dos exemplos disso, com letras e melodias incríveis.

A minha favorita do álbum é Sing to me, como não amar instantaneamente uma música que diz: ‘Cause I’m angry, but I don’t wanna yell no more, Cause I’m angry, but I’ve been very wrong before

O disco trás 8 músicas, terminando com Witness que tem até mesmo um saxofone tocando no final dela.

Em um ano cheio de lançamentos de veteranos que promete, esse ‘novato’ veio mostrar a alguns como se faz.

e2b69b78CD: Policy

Artista: Will Butler

Ano: 2015

Nota: 4/5 estrelas

 

Café Retrô 2014 – O Melhor e o Pior da Música

Por , 26 de dezembro de 2014 10:30


Banner retrospetiva

 

2014 foi um ano bem musical, tanto para a nossa equipe quanto para o blog.

Descobrimos novos artistas, viciamos em novas músicas, fomos a shows e, é claro, publicamos um super especial sobre o Lollapalooza.

Mas o que foi que ouvimos de melhor? E de pior?

 

Confira os nossos highlights!

#cafenololla – Nota Musical – A arte do Arcade Fire

Por , 29 de março de 2014 9:00

arcade-fire-blog

Michelangelo uma vez disse que ” Acima de tudo, artistas não devem estar só em galerias de artes e museus – Eles devem estar presentes em todas as atividades possíveis. O artista deve ser o patrocinador do pensamento em qualquer em que as pessoas assumirem, em todos os níveis.”

Hoje, fora das ópera e musicais, não há muitas bandas que tentam levar um sentido de arte para dento das suas performances, clips e estilo de apresentação.

Temos alguns casos onde as pessoas tentam causar de alguma forma para chamar atenção, e chamam isso de ‘arte’, para tentar justificar o seu comportamento. Depois temos outras bandas que ousam, e muitas vezes até demais, como The Flaming Lips e a sua nova turnê.

Em poucas ocasiões uma banda ou cantor consegue trazer o seu trabalho para um nível artístico. É possível ver essa tentativa através de clips mais elaborados, ou shows em lugares inusitados e há até livros e filmes que seguem o lançamento de CD’s.

Mas não há uma banda que faça isso tão bem quanto o Arcade Fire.

Continue Lendo!

Nota Musical – Arcade Fire e o seu The Reflektor

Por , 6 de novembro de 2013 12:00

“It seems so important now, But you will get over, And when you get over,When you get older, Then you will remember, Why it was so important then.

Seems like a big deal now, But you will get over, Seems like a big deal now, But you will get over, When you get over, And when you get older, Then you will discover. That it’s never over

It’s Never Over (Oh Orpheus), Arcade Fire

Arcade Fire

Para quem não conhece, Arcade Fire é uma brilhante banda de Indie rock canadense, que desde 2003, já lançaram 4 álbuns (contando com o novo Reflektor), e além de serem considerados uma das melhores bandas da atualidade, ainda tem no bolso o Grammy de melhor álbum do ano de 2011.

Leia mais sobre o Arcade Fire!