Posts com a tag:FLIP

Entre Páginas – Os Luminares

Por , 10 de abril de 2017 8:30

Se alguém chegasse para nós até meados do ano passado e dissesse que iríamos nos encantar com uma narrativa situada em plena corrida do ouro do século XIX na Nova Zelândia, provavelmente iríamos olhar desconfiadas, dar um risinho irônico e seguir em frente.

Porém, qual foi a nossa surpresa ao desbravar as quase 900 páginas de Os Luminares, da jovem (e promissora) autora Eleanor Catton, e encontrar uma obra surpreendente e deliciosa?!

 

IMG_4982

 

Ambientado na Nova Zelândia do século XIX, o romance tem como pano de fundo a corrida do ouro, em que personagens tentam desvendar a causa da morte de um homem solitário e descobrir o paradeiro de outro, que sumiu sem deixar vestígios. Trama de mistério, tudo em ‘Os luminares’ é inusitado, no limite entre o estranho e o fantástico. A obra, com mais de 800 páginas, tem estrutura inspirada na astrologia e faz uma paródia do romance vitoriano. O jovem inglês Walter Moody, recém-chegado no isolado vilarejo de Hokitika, na remota Nova Zelândia do século 19, procura descanso após sua tumultuada viagem de barco. Mas, sem perceber, ele acaba interrompendo uma reunião secreta de 12 moradores de Hokitika, que estão tentando resolver um mistério. E é durante a corrida do ouro que personagens excêntricos recontam suas histórias para desvendar a morte de um eremita e o desaparecimento do homem mais rico da cidade. Entre os garimpeiros, um chinês traficante de ópio, um político preocupado com o eleitorado, um magnata cafetão, uma prostituta em luto, um reverendo novato e um guia maori são alguns dos envolvidos nesse mistério. E Walter Moody parece ser uma peça desse quebra-cabeça, após passar por uma experiência beirando o paranormal a caminho de Hokitika, onde pretendia fazer fortuna no garimpo. Catton conduz o leitor por histórias que vão do místico ao exótico. Pepitas de ouro costuradas em vestidos, um tiro de suicídio que não dispara, fantasmas em caixões, uma charlatã que convoca espíritos e usa chineses como estátuas de decoração. Tudo isso na lamacenta cidade de Hokitika, onde chove intermitentemente e que prospera apenas enquanto os rios fornecerem ouro. Eleanor Catton buscou no movimento dos astros as influências para seus personagens, dividindo o livro em partes que seguem as posições astrológicas dos signos de cada um dos envolvidos. Mas, se a Lua em Leão não explica desaparecimentos nem mortes suspeitas, a destreza de Catton costura as histórias mais surpreendentes, criando viradas repentinas na narrativa, conexões inesperadas, experiências com o misticismo e fecha firmemente as várias camadas da trama com clareza.

 

“Não há verdades totais, e sim apenas verdades pertinentes”.

Se uma frase pudesse resumir todo este livro, seria esta acima.

 

Continue Lendo!

Café Irlandês – 5 coisas um turista faz na sua cidade

Por , 7 de julho de 2015 22:18

cafe irlandes

Quando um turista visita a sua cidade, você pode esperar muitas coisas.

E aproveitamos a nossa passagem pela maravilhosa cidade de Paraty no final de semana, para listar algumas das coisas que um turista com certeza vai fazer na sua cidade.

1 – Eles vão utilizar câmeras e os melhores aparatos para as suas fotos

E você vai chegar em casa falando: “Nossa hoje eu vi alguém com aquela Go Pro na cabeça correndo feito um louco”.

foto 2

2 – Eles vão fica na frente do seu caminho para qualquer lugar

E você vai se tornar coadjuvante de diversas fotos de completos desconhecidos

foto 3

3 – Eles vão tirar foto de tudo. TUDO.

TUDO!

foto 4

4 – Eles vão procurar lugares que estão literalmente, na frente deles.

‘Onde fica a tenda dos autores?’

foto 5

4 – E o mais importante: Eles vão lembrar (ou perceber) o quanto a sua cidade é linda!

foto 1

Obrigada Paraty por mais um final de semana inesquecível! Uma cidade que com certeza vamos voltar e ser sempre turistas!

 

Programação Off Flip 2015 – #Cafenaflip

Por , 1 de julho de 2015 10:01

Assim como a programação oficial, a Off Flip é tão imperdível como as mesas de discussão da Tenda Oficial.

Reunimos aqui a programação da Casa Folha, Rocco e Sesc Paraty, mas fique atento porque diversas outras editoras tem casa na cidade e preparão espaço e um programação especial para o evento.

Confira a Programação Completa!

Bem-Vinda Flip 2015 – #CafenaFlip

Por , 1 de julho de 2015 10:00

E é na linda cidade de Paraty, que começa hoje um dos eventos literários mais importantes do Brasil, a Feira Literária de Paraty.

IMG_4771-1024x768

Com uma programação diversificada que vai além de somente falar de literatura, a feria dá espaço para discussões para os temas do nosso dia-a-dia que formam a nossa literatura. Amores, guerras, negações, provações, dificuldades de expressão e a intolerância no mundo.

Esses são temas que você facilmente encontrará em qualquer das mesas que decida participar ou até mesmo acompanhar esse momento tão importante para um tema que nós és tão querido, os livros.

Assim como ano passado, mais dessa vez mais ativamente, o Café participará dessa festa.

falamos desse evento em outras oportunidades, e se você está lendo isso agora e pensando saiba que ano passado, nesse mesmo dia, eu a Thais decidimos improvisadamente partir em direção a Paraty para ‘saber’ como era a feira e nos apaixonamos por tudo.
Se você está pensando se vale a pena ainda, não deixe de conferir o nosso vídeo, logo abaixo.

Nossa participação in loco começa na sexta-feira, mas até lá, vamos acompanhando de longe e compartilhando com vocês todos os detalhes da Flip aqui e nas nossas redes sociais.

Confira a Programação Oficial da Flip

Confira a Programação das Off Flip – Todos os eventos que ocorrem nas Casas Parceiras

 

Vamos Explorar! – Vale a pena um bate e volta para a Flip? #cafenaflip

Por , 21 de junho de 2015 12:05

Ano passado, resolvemos fazer um bate e volta improvisado para a Feira Literária de Paraty, para conhecer esse importante evento literário de perto.

Se a grana ou o tempo está curto para ficar mais tempo, que tal encarar um bate e volta para Paraty e se encantar com a feira?

No vídeo de hoje, damos todas as nossas dicas:

 

Abaixo vocês conferem a programação oficial da feira. Assim que for divulgada a programação das casas, postamos aqui:

Quarta-feira (1º)
19h – Conferência de abertura: As Margens de Mário
Com Beatriz Sarlo, Eliane Robert Moraes e Eduardo Jardim

Quinta-feira (2)
10h  – Mesa 1: A cidade e o território
Com Antonio Risério e Eucanaã Ferraz

12h – Mesa zé kleber: Falando alemão
Com Geovani Martins, Deocleciano Moura Faião e Katjusch Hoe

17h15 – Mesa 3: A poesia em 2015
Com Matilde Campilho e Mariano Marovatto

19h30 – Mesa 4: Encontro com Colm Tóibín

21h30 – Mesa 5: Do angu ao Kaos
Jorge Mautner e Marcelino Freire

Sexta-feira (3)
10h – Mesa 6: Encontro com Boris Fausto

12h – Mesa 7: São Paulo! Comoção de minha vida…
Com Roberto Pompeu de Toledo e Carlos Augusto Calil

15h – Mesa 8: As ilusões da mente
Com Eduardo Giannetti e Sidarta Ribeiro

17h15 – Mesa 9: Escrever ao sul
Com Ngũgĩ wa Thiong’o e Richard Flanagan

19h30 – Mesa 10:  Amar, verbo transitivo
Com Ana Luisa Escorel e Ayelet Waldman

21h30 – Mesa 11: Os imoraes
Com Eliane Robert Moraes e Reinaldo Moraes

Sábado (4)
10h – Mesa 12: Turistas aprendizes
Com Beatriz Sarlo e Alexandra Lucas Coelho

12h – Mesa 13: Encontro com David Hare

15h – Mesa 14: De balões e blasfêmias
Com Riad Sattouf e Rafa Campos

17h15 – Mesa 15: Os homens que calculavam
Com Artur Ávila e Edward Frenkel

19h30 – Mesa 16: Encontro com Roberto Saviano

21h30 – Mesa 17: Desperdiçando verso
Com Arnaldo Antunes e Karina Buhr

Domingo (5)
10h – Mesa 18: Música, doce música
Com José Ramos Tinhorão e Hermínio Bello de Carvalho

12h – Mesa 19: De frente para o crime
Com Leonardo Padura e Sophie Hannah

14h – Mesa 20: Conferência de encerramento
Comm José Miguel Wisnik

16h – Mesa 21: Livro de cabeceira
Autores convidados da Flip 2015 leem trechos de seus livros prediletos

#CafenaFlip – A 12º Festa Literária Internacional de Paraty (Flip)

Por , 3 de agosto de 2014 18:42

A Flip 2014 acaba hoje, mas realizando um antigo sonho a Thaís da Mata e Fanny Ladeira da nossa equipe foram passar o dia em Paraty ontem e contam tudo que aconteceu e as suas impressões do evento.
image

Nesse momento, nossa equipe e o blog já trouxe a experiência pessoal de cada um nas bienais do Rio de Janeiro e São Paulo e na feira do livro em Porto Alegre. Mas estava faltando uma importante festa literária para essa leva, e tratamos de redimir isso, participando do sábado dia 02 de agosto da Festa Literária Internacional de Paraty que esse ano está na sua 12 edição.

Com a presença de autores mundialmente respeitados, como Julian Barnes, Don DeLillo, Eric Hobsbawm e Hanif Kureishi, a primeira Festa Literária Internacional de Paraty, realizada em 2003, inseriu o Brasil no circuito dos festivais internacionais de literatura. Ao longo de suas edições seguintes, a Flip ficou conhecida como um dos principais festivais literários do mundo, caracterizada não só pela qualidade dos autores convidados, mas também pelo entusiasmo do público e pela hospitalidade da cidade. Nos cinco dias de festa, a Flip realiza cerca de 200 eventos, que incluem debates, shows, exposições, oficinas, exibições de filmes e apresentações de escolas, entre outros, distribuídos em Flip.

Não podemos negar que adoramos uma aventura. Depois de enfrentar um bate e volta inesquecível no mau sentido da Bienal do Rio de Janeiro, embarcamos ( Thaís e Fanny)   para Paraty com o mesmo preparo e o mesmo sistema de bate e volta.
Tentamos achar pousada mas acabamos desistindo por causa preço.

Tentamos comprar ingresso mas não conseguimos para as mesas de autores pela internet e já estavam todos esgotados desde o dia da abertura dos ingressos.

Mas não podíamos exigir tanto, já que decidimos ir para lá de última hora, mais especificamente na quinta dia 31/07, na hora do almoço.

Continue Lendo!