Posts com a tag:Spotify

Retrospectiva 2017 – Nossa Playlist

Por , 26 de dezembro de 2017 14:03

 

Fone

Mesmo se a equipe do Café não fosse composta por 4 pessoas com gostos diferentes, a playlist  de qualquer ano seria completamente diversificada.

Mas quando junta todo mundo, vira uma salada de frutas gostosa e que carrega um pedacinho de cada um de nós.

O ano de 2107 não poderia ser diferente, saindo de The XX, passando por Taylor Swift e James TW e chegando em Anavictoria, apresentamos a nossa playlist de 2017.

Veja Também!!  Retrospectiva 2017: O Melhor da Música

Confira a Playlist!

Retrospectiva 2016: Nossa Playlist

Por , 29 de dezembro de 2016 12:31

playlist

Para encerrar esse ano, mas carregar as coisas que tiverem de boas, montamos uma playlist com as músicas favoritas do ano da nossa equipe.

Tem música nova, música lançada em 2015, mas que só começamos a amar esse ano, algumas da Rihanna, Twenty One Pilots e 3 (TRÊS) do Justin Bieber.

Sim, somos descoladas nesse nível e se a música é boa, ela é boa, não importa de quem seja.

Veja Também:

Melhores do Ano: Música

A playlist está disponível no Spotify e abaixo deixamos que as próprias músicas explicarem porque foram as nossas favoritas:

Same Ol’ Mistakes – Rihanna

“E eu sei que parece errado aceitar, Mas você tem que fazer isto, e ela tem seus arrependimentos

Not Today – Imagine Dragons (Trilha sonora de Como eu era Antes de Você)

E algo não acaba enquanto não tiver acabado, Eu não quero esperar por isso”

Colors – Halsey

“Você era vermelho e gostava de mim porque eu era azul, Você me tocou e de repente eu era um céu lilás, Então você decidiu que roxo apenas não era para você”

One Dance – Drake feat Kyla

“As ruas não são seguras, Mas eu nunca fujo, Mesmo quando estou longe, Fora da cidade, fora da cidade, nunca tem muito amor quando saímos da cidade”

Work – Rihanna feat Drake

“Você tirou meu coração da manga para por na decoração, Você confundiu meu amor, eu te trouxe para o que eu sou de verdade”

Pillowtalk – Zayn

“Então vamos deixar os vizinhos bravos, No lugar que sentimos as lágrimas, No lugar para se perder os medos”

Ophelia – The Lumineers

“Oh, Ophelia, Céu ajuda o tolo que se apaixona.”

tumblr_o2z8l7fi5y1rjhh5ho1_500

Continue Lendo!

Nota Musical – Review de Anti, da Rihanna

Por , 28 de janeiro de 2016 19:59

anti-Rihanna-Capa-CD-Alta-Resolucao

Essa madrugada do dia 27 para 28 de Janeiro de 2016 se tornou uma data histórica para os fã de Rihanna, a musa de Barbados lançou na internet depois de mais de 3 anos desde seu último CD, o álbum “ANTI” que já era esperado pelo grande público desde o primeiro semestre de 2015. E Rihanna ainda descontente com o seu trabalho que vinha fazendo e após liberar três singles: “FiveFourSeconds“, “Bitch Better Have My Money” e “American Oxygen“. Decidiu que o CD teria que ser refeito inteiramente, colocando os três singles apenas como singles especiais e que nada fazia parte de seu novo trabalho.

Continue Lendo!

Café irlandês – Como se apaixonar por uma banda nova em 10 passos

Por , 12 de maio de 2015 9:00

 

cafe irlandes

 

Se tem uma coisa da qual todos nós do Café gostamos é de música. Vira e mexe um novo hit passa a ser a “nossa música”, aquela que colocamos bem alto no som do carro enquanto voltamos de mais uma reunião de pauta do blog (ou de um almoço, jantar, happy hour…).

Outra coisa que fazemos bastante é trocar indicações de novos artistas. Porém, às vezes nos deparamos com uma nova banda meio que por “acidente” e, de uma hora para a outra, nos apaixonamos por um novo conjunto.

Pensando nisso, resolvi listar o passo-a-passo moderno do descobrimento de uma nova banda/cantor/artista. Será que você se identifica com os sinais?

 

1 – Você sintoniza sua playlist favorita no Spotify/Grooveshark/Soudcloud (ou outro serviço do gênero)

 

Gif8

 

“Let the games begin!”

 

2 – De repente, uma música desconhecida chama a sua atenção

 

Gif1

 

Opa, opa, opa! Radar de música boa apitando!

 

3 – Você pensa: “Olha, não é que é boa mesmo?!”

 

Gif4

 

Continue Lendo!

Nota Musical – Soko

Por , 9 de maio de 2015 11:05

O mundo da música está evoluindo e com isso vamos descobrindo artistas das mais diversas formas, e Soko, uma cantora francesa que canta em inglês, eu descobri no começo do ano pelo Spotify, e depois de alguns meses ela se tornou uma presença constante no meu player.

141105_S_01_048_V2

Soko tem 28 anos e dois CD’s. Ela canta sobre a ida, amores, depressão e é muitas vezes, relativamente honesta nas suas composições.

Ela tem uma voz rouca que no primeiro CD ela utilizou excessivamente com maestria e que no segundo ela combinou de forma perfeita com essa característica da sua música.

Atrizes desde pequena ela se mudou para Paris com 16 anos disposta a seguir a carreira de atriz, mas depois de idas e vinda à música a atraiu de vez e ela compôs um primeiro EP e pouco tempo depois em 2012 o seu primeiro CD, I thought i was a alien.

Continue Lendo!

Nota Musical – Kodaline

Por , 6 de dezembro de 2014 21:15

Um dia desses, navegando pelo Spotify, em uma playlist aleatória tocou uma música que me chamou atenção na hora.

Eu a coloquei na minha lista pessoal e depois fui atrás para conhecer o trabalho da banda, que era tudo o que só aquele uma música tinha me prometido.

Fiquei feliz por conseguir escutar a música e de cara já identificar que era um grupo promissor para seguir. Descobri uma banda incrível? Quem não gosta disso?

Até que revi A Culpa é das Estrelas e percebi, que a música que eu ‘me apaixonei de cara’ toca no filme, e que eu não fiz nada a não ser identificar uma canção que ouvi antes mas não guardei.

A música em questão é All i Want, e hoje vamos falar da banda que a toca, Kodaline.

kodaline-the-band-from-dublin

Kodaline, que está na ativa desde 2007 sob o nome de 21 Demands, e mesmo lá atrás eles já atraiam a atenção com as suas músicas em séries de TV, do seu país nata, Irlanda.

kodaline-in-a-perfect-worldA mudança do nome, não alterou isso. Com o primeiro EP – Kodaline, as suas músicas tocaram em um episódio de Grey’s Anatomy, um ano depois, após um 2013 recheado de novos EP’s, a banda lançou o seu primeiro álbum, In a Perfect World.

O grupo formado por Steve, Mark e o baterista Vinny, todos tem menos de 24 anos, e essa ‘pouca idade’ que trás músicas com uma profundidade absurda.

Nos últimos anos, o que dá para perceber é que com grandes exceções, são os grupos e cantores/cantoras mais novos que trazem composições mais inspiradas e únicas, que uma grande parcela consegue se identificar.

Pense só: Adele, Lorde, Imagine Dragons, Jake Bugg, Laura Marling e até o próprio Kodaline.

A maioria não tem nem 25 anos direito, e quem é mais velho já estava na estrada fazia tempo, trabalhando com as essas composições.

Pessoal brinca, mas há muito futuro para a música sim! E são compositores assim que me animam dia-a-dia.

As músicas são gostosas de ouvir e trazem uma sonoridade um pouco diferenciada para eles. Sei que tem zilhares de bandas que tocam o mesmo estilo, mas depois que você guarda elas na cabeça, fica difícil imaginar outra banda a tocando. Acha exagero? Adoro a Ellie Goulding, mas escute esse cover dela, para perceberam como é complicado chegar exatamente onde essa música precisa.

Canções como One Day, Love Like This e a própria All I want são uma das músicas do CD que recomendamos, e segue uma playlist deles para você se apaixonar.

Nota Musical – Lilly Wood & The Prick

Por , 9 de agosto de 2014 9:00

Lilly

 

Aviso aos amigos: se você é daquelas pessoas apaixonadas por descobrir novas bandas e artistas, não baixe o Spotify! Acreditem, é perdição na certa!

Depois de me apaixonar pelo aplicativo de música mais legal de todos os tempos, passei a ficar horas navegando de um artista a outro – e, claro, criei uma playlists gigante com as novas descobertas.

Na cabeceira desta lista está Lilly Wood & The Prick, uma dupla francesa formada por Nili Hadida e Benjamin Cotto.

Os dois decidiram colaborar musicalmente em 2006, depois de um encontro em um café de Paris. A princípio, começaram a tocar sob o nome de Lilly and the What? e compartilhavam suas músicas no Myspace (quem nunca descobriu artistas nessa rede social? #sddsanos2000).

Apesar dos anos de carreira, a dupla só assinou o primeiro álbum em 2010, chamado Invisible Friends, que passou um tanto quanto “desapercebido” pelo cenário musical europeu. Em 2012, lançou o CD The Fight, que reúne alguns hits um pouco mais conhecidos…

Mas o reconhecimento só chegou mesmo dois anos depois, agora em 2014, depois que eles se uniram ao produtor alemão especialista em música eletrônica Robin Schulz, que repaginou um antigo sucesso de Invisible Friends, Payer in C.

E foi justamente através desta música que cheguei a conhecer a Lilly Wood & The Prick. A combinação da voz suave da Nili, com a batida contagiante de Schulz é viciante! Perdi a conta de quantas vezes a ouvi (e continuo ouvindo) no repeat!

A partir daí, passei a escutar as outras músicas da dupla e fui contagiada pelo seu som “folk pop”, principalmente do primeiro álbum. Indico demais para os fãs do gênero!

Destaque para Prayer in C, Hey, It’s Ok, Where I Want to Be (California), Middle of the Night e Cover My Face

 

 

 

 

Para Ouvir #5 – Spotify

Por , 22 de junho de 2014 22:19

Spotify Logo

 

Entre um jogo do Brasil e outro, uma amiga me falava entusiasmadamente sobre um famoso aplicativo de música que finalmente abriu a inscrição para contas brasileiras da Apple Store e da Google Play: o Spotify.

Salvei aquela indicação em algum lugar do cérebro próximo ao placar da partida travada entre Brasil e Croácia e resolvi testá-la mais tarde.

E acontece que… Fiquei completamente viciada no programa!

 

Spotify2

 

Pode até ser que você já tenha ouvido falar nele, dada toda a repercussão que o aplicativo tem no exterior, mas se por um acaso você ainda estava no escuro (como eu), vale uma explicação.

O Spotify é uma espécie de rádio online com milhares de playlists, das mais variadas. Acabou de chegar em casa e quer ouvir um som para relaxar? É só dar o play em Chegando em Casa. Está em uma vibe mais “dance”? É só selecionar a lista com os hits dançantes do momento! Está fugindo do frio em um café? Favorite coffeehouse pode ser a playlist para você! E assim por diante…

E o melhor de tudo é que você pode salvar as músicas que mais curtiu para ouvir depois e/ou criar playlists próprias de acordo com o seu humor.

 

Spotify3

 

Lendo assim não parece nada muito diferente do Accuradio ou da Last fm, mas na minha opinião achei o Spotify mais agradável de navegar e com uma seleção mais atualizada, organizada de forma mais intuitiva e criativa.

Portanto, se você adora descobrir novos sons e não consegue ficar sem música, independentemente da situação… Esse é um aplicativo “must have” para você!