Posts com a tag:The Killers

Nota Musical – Review de Wonderful Wonderful do The Killers

Por , 27 de setembro de 2017 17:30

Não é nada fácil falar da sua banda favorita, mas vou tentar fazer jus.

Wonderful Wonderful
Depois de 5 anos sem um CD novo e praticamente 2 anos de hiato enquanto os seus integrantes trabalhavam em projetos paralelos, eu estava animada em ver o meu quarto favorito de todos os tempos juntos novamente.

Eu sei que eles não são a melhor banda do mundo, mas eles são a minha melhor banda do mundo. Como todos os seres humanos, a minha vida tem uma série de altos e baixos, mas quando o Killers está tocando, eu ganho 3 ou 4 minutos de pura tranquilidade. É como se todos os problemas ficassem em stand by por esse tempo.

Continue lendo 'Nota Musical – Review de Wonderful Wonderful do The Killers'»

Nota Musical – Review The Desired Effect de Brandon Flowers

Por , 20 de maio de 2015 12:05

Fan girl alert!

Começo avisando que: The Killers é a minha banda favorita q e tudo que envolve ela e os seus integrantes se torna um must na minha vida.

Isso sendo dito, gostaria de tirar essa minha caidinha de consideração e dizer que tive uma bela e feliz surpresa com The Desired Effect, segundo CD solo do Brandon Flowers.

The_Desired_Effect

 

Flamingo de 2010, inaugurou o lançamento solo de Brandon. Apesar de continuar como front man da melhor banda desse mundo (fan girl alert), Flowers não conseguiu parar quando o resto da banda quis dar um tempo para descansar e ele foi gravar um álbum só dele.

Mas ele é claro, parte da banda e assim como aconteceu com o Policy do Win Butler do Arcade Fire e tantos outros, como ele faz parte daquele todo que é a banda, é fácil encontrar elementos que já apreciamos ali.

Porém, esse trabalho solo também representa a liberdade de ser obrigado a seguir uma direção determinada e levar ame consideração os desejos dos outros integrantes.

Com Flaming, Brandon trouxe um tom country, e apesar de utilizar elementos eletrônicos, música como Hard Enough, The Clock Was Tickin’ e On The floor. E ele pode brincar um pouco no CD. Apesar de um sucesso médio, foi um álbum bem recebido pelos fãs, era o mesmo Brandon fazendo um som diferente, mas muito bom.

Mas nesse segundo CD, parece que liberdade reinou. Hoje The Killers tem uma responsabilidade muito grande, ele não são mais aquela bandinha de Las Vegas e por isso tem um reputação e um padrão para se manter, os fãs esperam elementos específicos.

E já em Dream Come True, Flower trás uma música que você não veria tão facilmente em um álbum do Killers, mas que faria sentido em um álbum do próprio Killers.

A paixão pela década de 80 e os sintetizadores que tão bem definem o do The killers, tem espaço nesse CD, mas ganham outros ares.

Can’t Deny my love é claramente uma canção de amor aos anos 80. Não ficaria surpresa de encontra-la , pro exemplo, em um filme do John Hughes, com a protagonista se arrumando para o baile.

I Can Change, Still Want You, Lonely Town tem essas mesmas características e em vários momentos imaginei um dueto entre Brandon e a galera do Chvchers

Diggin’ Up´The Heart tem um vibe mais Bruce Springsteen. E eu amei isso.

The way it’s always been vem para fechar um cd relativamente curto, mas poderoso.

Lembra quando eu disse que amava o The Killers?  Eu realmente amo, mas acho tão importante esses trabalhos solos, não só do Brandon mais do resto da turma, porque eles voltam mais experientes. Apesar das criticas negativas, Battle Born, trás uma sonoridade interessante e saiu do lugar comum da banda, deixando eles mais leves para trabalhar com canções mais complexas.

O próximo CD do Killers não deve sair antes de 2017, mas enquanto a minha banda favorita fica de molho ,eu vou curtindo todos esses trabalhos paralelos e amando.

Não vai ser o melhor CD do ano, mas nesse ano de grandes decepções musicais, pelo menos uma noticia boa.

 Ficha Técnica:

The_Desired_EffectArtista: Brandon Flowers

CD: The Desired Effect

Ano: 2015

Nota: 4,5/5 estrelas

Nota Musical – Direct Hits do The Killers

Por , 13 de novembro de 2013 9:00

Você quer medir o meu amor pelo The Killers? Multiplique as estrelas do céu por todos os grãos de areia do mar e você terá um número aproximado. =D

The Killers Direct Hits

Brincadeira à parte, eu sempre irei respeitar qualquer artista/banda que lhe faça sentir o que eu sinto quando escuto The Killers. Sei que essa é uma frase que deveria guardar para o amor da minha vida, mas toda vez que uma música deles toca é como se eu me sentisse completa! <3

E agora que muita gente conhece a banda, que tive o prazer de ver no Lollapalooza, pela segunda vez, espero que eles possam voltar sempre! A turnê do último CD da banda Battle Born terminou, eles vão tirar um tempo para colocar as ideias em dia, refrescar e tocar projetos pessoais. E se for igual à última parada, termos bons CD’s do projeto solo de Brandon e Mark, além do Ronnie saindo da bateria e vindo cantar na sua Big Talk.

Continue Lendo!

Aumenta o Som! – iTunes Festival London 2012

Por , 25 de setembro de 2012 8:36

 

Gosta de música? Então por que você não está acompanhando o iTunes Festival???

(“Dã… Porque eu não sabia e você só está falando sobre isso agora”)

Para quem não faz ideia do que eu estou falando, vale uma breve “contextualização”:

Todo ano a Apple realiza em Londres o iTunes Festival, um festival de música que conta com shows durante um mês inteirinho, transmitido ao vivo através do aplicativo do evento. Claro que quem está na Inglaterra pode conferir as apresentações in loco, mas a qualidade da transmissão é tão “estupidamente boa”, que é como se a gente estivesse ali – com a vantagem de não estarmos “esmagados” na multidão!

Enfim, claro que eu “comi bola” e só descobri que o festival seria em setembro quando ele já estava acontecendo… E com uma programação imperdível! Mas é aí que entra a vantagem da tecnologia: além de conferir os shows ao vivo (o que para a gente é um tanto complicado porque em horas “brasileiras” eles acontecem entre 15h e 18h, ou seja, em pleno horário comercial!), também é possível rever os shows depois que eles acontecem!

E tudo “de grátis”, gente!!!! Sério, é só baixar o aplicativo! (Não a Apple não me pagou nada por esse post!)

Nesse mês já teve show do One Direction, Usher, Norah Jones, Jack White, Band of Horses, The Killers, David Guetta, P!nk, Walk the Moon, Andrea Bocelli, Jessie J, OneRepublic, Matchbox 20 e de muitos outros artistas consagrados!

Além disso, o festival também é um prato cheio para quem gosta de conhecer bandas novas, uma vez que antes das apresentações principais quase sempre há shows de abertura com artistas menos conhecidos!

E se você não quiser perder as próximas atrações, que acontecerão até o final do mês…

 

Se liga na agenda!