Posts com a tag:Galera Record

Entre páginas – Onde Deixarei meu Coração

Por , 26 de setembro de 2017 9:30

Comprar um livro pela capa pode lhe levar em lugares maravilhosos e outros…nem tanto.

IMG_3427Simples, careta e sem graça. É assim que Bea se vê. Então quando a super descolada Ruby e seu bando de populares passam a se interessar por sua opinião, isso só pode ser uma pegadinha. Certo? Pelo menos é assim que sempre acontece nos filmes… Mas o convite para passarem as férias em Málaga parece pra valer. E com um bônus: Bea pode se afastar da mãe irritante e controladora.

No entanto, depois de apenas 48 horas na Espanha, Bea se flagra mudando o itinerário. A menina decide visitar Paris para encontrar o pai que nunca conheceu. Afinal, a cidade luz pode emprestar um pouco de clareza a um período nebuloso de sua vida familiar. No caminho, ela conhece Toph, um estudante americano mochilando pela Europa.

Enquanto procuram pelo pai dela nos cafés e boulevards de Paris, ela perde a cabeça em vez disso. Será que Bea é a garota de Toph ou a boa menina que sua mãe espera que ela seja? Ou será esse o verão mágico em que Bea finalmente torna-se dona do próprio nariz?

Eu sei que o conselho “não compre um livro pela capa” é bem viável é necessário para vários aspectos da vida, mas quando falamos de livros, esse é um conselho que podemos ignorar de vez em quando.

Afinal, em muitas vezes uma capa bonita e bem feita, reserva um livro fantástico (A lei deveria ser livro fantástico = capa fantástica, mas essa ainda não foi assinada).

Já tive grandes sucessos no passado e quando vi a capa e o título de Onde Deixarei Meu Coração, eu resolvi cair de cabeça, porque a combinação YA + Paris, não deveria ter erro.

Não deveria, mas infelizmente ainda não é a regra.

Continue Lendo!

Entre Páginas – Uma História de Amor e TOC

Por , 20 de julho de 2015 12:05

Quando eu peguei o livro apesar da sinopse eu não sabia o que encontrar, e a surpresa foi bem agradável.

Uma História de Amor e TOCBea foi diagnosticada com transtorno obsessivo-compulsivo. De uns tempos pra cá, desenvolveu algumas manias que podem se tornar bem graves quando se trata de… garotos! Ela jura que está melhorando, que está tudo sob controle. Até começar a se apaixonar por Beck, um menino que também tem TOC. Enquanto ele lava as mãos oito vezes depois de beijá-la, ela persegue outro cara nos intervalos dos encontros. Mas eles sabem que são a única esperança um do outro. Afinal, se existem tantos casais complicados por aí, por que as coisas não dariam certo para um casal obsessivo-compulsivo? No fundo, esta é só mais uma história de amor… e TOC.

Ok, sabia qual era história, mas assim como muito YA’s por aí, Corey Ann Haydu cria uma história tocante e com a dose certa de drama, triplicados por causa dessa fase tão complicada.

Quer dizer, adolescência já é difícil por si só, imagina passar por ela e ainda ter que enfrentar outras batalhas como a de Bea com o TOC ou a de Beck com a compulsão por limpeza e academia.

Continue Lendo!

Entre Páginas – Dois Garotos se Beijando

Por , 11 de maio de 2015 12:05

Dois Garotos se Beijando de David Levithan, consegue o que nenhuma outro livro que fala sobre LGBT foi capaz comigo, me colocar no lugar deles e sentir que às vezes (literalmente) o mundo está contra a sua própria natureza.

1779815_10152834455522713_6493096751163032966_nCraig e Harry estão tentando quebrar o recorde mundial do beijo mais longo.

Craig e Harry não são mais um casal, mas já foram um dia.

Peter e Neil são um casal. Seus beijos são diferentes. Avery acaba de conhecer Ryan e precisa decidir sobre como contar para ele que é transexual, mas está com medo de não ser aceito depois disso.

Cooper está sozinho. Passa suas noites em claro, no computador, criando vidas falsas online e seduzindo homens que jamais conhecerá na vida real.Mas quando seus pais descobrem seu passatempo proibido, o mundo dele desaba. Cada um desses meninos tem uma situação diferente.

Alguns contam com o apoio incondicional da família, outros não. Alguns sofrem com o bullying na escola, outros, com o coração partido. Mas bem no centro de todas essas histórias paralelas está o amor.

E, através dele, a coragem para lutar por um mundo onde esse sentimento nunca seja sinônimo de tabu.

Continue Lendo!