Desafios Literários: O que fizemos em 2016 e o que nos espera em 2017

Por , 13 de janeiro de 2017 19:50

capa

Se você perguntar para a Thais e para o Will, eles nos caracterizam como duas loucas. “Malucas” é um adjetivo que ouvimos muito deles.

Apesar de não concordarmos com a colocação, até entendemos (um pouquinho) essa posição deles. Somos 4 pessoas que se dão muito bem, com gostos similares, mas também bem diversos. Nossas listas de retrospectiva como a de 2017 (Veja AQUI) que o diga!

Então tem algumas coisas em que você sabe que pode contar ou não com um companheiro da equipe e, quando se trata de desafios literários, nós duas sabemos que temos com quem contar e nos apoiar para executar o desafio.

Tudo começou quando um piano caiu na nossa cabeça (figurativamente, claro) quando percebemos que, se lêssemos 1 livro por mês da nossa TBR (pilha dos to be read, ou seja, de leituras pendentes) levaríamos 42 anos para completá-la.

Vou repetir: Nossa TBR completa tem 42 ANOS!!!

tumblr_ojoj81H3aV1s1rwswo1_540

Isso foi no começo de 2015 e, para dar conta dessa meta longínqua, inauguramos na época o #Projetopravida. O propósito era exatamente listarmos essas obras é iniciarmos a leitura delas imediatamente.

Continue Lendo!

Entre Páginas – Spotlight: Segredos Revelados

Por , 12 de janeiro de 2017 12:30

Eu já tinha visto o filme, mas ainda assim, ler sobre a reportagem do The Boston Globe que denunciou os abusos sexuais dos padres da igreja católica, foi uma experiência completamente diferente.

spotlightSpotlight – Segredos Revelados conta as descobertas da real investigação feita por um grupo de corajosos jornalistas, ganhadores do Prêmio Pulitzer em 2003, que denunciaram uma sucessão de abusos sexuais, obrigando a Igreja Católica a prestar contas.

Em janeiro de 2002, o jornal The Boston Globe publicou uma série de reportagens que chocou o mundo. Centenas de crianças em Boston foram molestadas sexualmente por padres – certos de sua impunidade, eles agiam com o aval das autoridades religiosas, que acobertaram seus crimes por décadas. As reportagens revelaram a obscena quantia gasta pela Igreja Católica com acordos para comprar o silêncio das vítimas cujas vidas foram devastadas por pedófilos que vestiam hábito e tinham o Pai Nosso na ponta da língua.

A denúncia abalou as estruturas da Igreja Católica e deixou milhões de fiéis no mundo inteiro estarrecidos, furiosos e indignados: a instituição que deveria servir e proteger a comunidade usou sua poderosa influência para se resguardar do escândalo.

Em um mundo cheio de incertezas e mudanças algumas são mais fáceis, e outras, são um pouco difíceis de digerir.

São as mudanças que cabem na segunda categoria, são as mais importantes para o crescimento, amadurecimento e discernimento da humanidade. Quando a reportagem do The Boston Globe foi publicada, eu tinha 13 anos, e me lembro vagamente de vários comentários sobre isso.

Continue Lendo!

Entre Páginas – Dois irmãos

Por , 9 de janeiro de 2017 9:00

Tem alguns livros que nos perseguem.

Você nunca havia ouvido falar nele quando, BOOM: de uma hora para outra ele está em todo lugar.

Essa é mais ou menos a minha história com Dois irmãos, do autor brasileiro Milton Hatoum. A obra não é tão recente (foi publicada há quase vinte anos), mas foi mais recentemente que passei a me deparar com ela em diversos blogs, canais literários e, agora, na chamada de uma nova produção seriada da Rede Globo, que irá ao ar a partir de hoje.

Sendo assim, resolvi partir para esta leitura e o resultado não poderia ter sido melhor!

 

img_5401

 

Onze anos depois da publicação de’Relato de um Certo Oriente’, Milton Hatoum retoma os temas do drama familiar e da casa que se desfaz. ‘Dois Irmãos’ é a história de como se constroem as relações de identidade e diferença numa família em crise. O enredo desta vez tem como centro a história de dois irmãos gêmeos – Yaqub e Omar – e suas relações com a mãe, o pai e a irmã. Moram na mesma casa Domingas, empregada da família, e seu filho. Esse menino – o filho da empregada – narra, trinta anos depois, os dramas que testemunhou calado. Buscando a identidade de seu pai entre os homens da casa, ele tenta reconstruir os cacos do passado, ora como testemunha, ora como quem ouviu e guardou, mudo, as histórias dos outros. Do seu canto, ele vê personagens que se entregam ao incesto, à vingança, à paixão desmesurada. O lugar da família se estende ao espaço de Manaus, o porto à margem do rio Negro: a cidade e o rio, metáforas das ruínas e da passagem do tempo, acompanham o andamento do drama familiar. Prêmio Jabuti 2001 de Melhor Romance.

 

Continue Lendo!

Pipoca Salgada: A Chegada

Por , 6 de janeiro de 2017 11:31

Quer ver um filme bom? Então veja A Chegada.

552532_jpg-r_1280_720-f_jpg-q_x-xxyxx

Quando seres interplanetários deixam marcas na Terra, a Dra. Louise Banks (Amy Adams), uma linguista especialista no assunto, é procurada por militares para traduzir os sinais e desvendar se os alienígenas representam uma ameaça ou não. No entanto, a resposta para todas as perguntas e mistérios pode ameaçar a vida de Louise e a existência de toda a humanidade.

O filme foi baseado em um conto do livro ‘História da sua vida e outros contos’ de Ted Chiang (Lançado no Brasil pela Intrínseca) e apesar de ter cara, jeito e efeitos de um filme de ficção científica, é na verdade, um drama.

Entrei para a sessão com a mente aberta e tentando evitar aumentar as minhas expectativas. Afinal muitas pessoas falaram que era como Interestelar, e ao contrário de muitos, eu amei Interestelar (Leia sobre ele AQUI), e portanto, fiz questão de separar as histórias ( e expectativas) da minha cabeça.

Continue Lendo!

#LendoKing 4 – As Terras Devastadas

Por , 5 de janeiro de 2017 12:30

Terceiro volume da série A Torre Negra… E eu finalmente comecei a me encantar pela saga épica de Stephen King!

 

Atenção! Pode conter spoilers dos primeiros volumes da série: O PistoleiroA Escolha dos Três.

 

img_4911

 

Neste romance emocionante, Roland, o último Pistoleiro, se aproxima ainda mais da Torre Negra de seus sonhos e pesadelos – atravessando um deserto amaldiçoado em um mundo macabro que é uma imagem distorcida do nosso próprio mundo.

Junto com Roland estão dois daqueles que ele levou consigo para esse universo: o ex-viciado nova-iorquino Eddie Dean e Susannah, nova identidade da mulher que combina em um mesmo corpo duas personalidades distintas. À sua frente estão as extraordinárias revelações sobre quem ele é e o que o motiva em sua busca. E contra ele se perfila uma legião cada vez mais numerosa de inimigos, humanos ou não.

À medida que o ritmo da ação e aventura, da descoberta e do perigo se acelera cada vez mais, o leitor é irremediavelmente absorvido por um drama espetacular ao mesmo tempo assustador como um pesadelo… e estranhamente familiar.

 

Continue Lendo!

Café Irlandês – 10 romances clássicos para ler em 2017

Por , 3 de janeiro de 2017 11:05

cafe irlandes

Ainda montando a sua lista de leituras para 2017?

Sugerimos 10 livros clássicos para você riscar da sua lista. E se apaixonar.

1 – Dom Casmurro de Machado de Assis

tumblr_nmlyc3rcdp1rc9pzho1_1280

Esqueça todas as pessoas que lhe falaram que esse livro é difícil. Se você aguentou Tolkien descrevendo o dedão do pé dos hobbits em uma página (ou quase isso), vai achar o Machadão tranquilíssimo.

Bônus: Você vai poder participar mais calorosamente da discussão se Capitu traiu Betinho.

 

2 – O Sol é para todos de Harper Lee

tumblr_mbjalbykud1qf4o0fo1_500

Ler O sol é para todos (Leia o nosso review AQUI) além de lhe apresentar uma grande obra clássica americana, ainda lhe fará refletir sobre a vida e as relações humanas, perfeito para ler nesse clima de começo de ano.

Bônus: Depois de ler, você poderá ver a adaptação do livro, que tem somente Gregory Peck (<3) como Atticus Finch.

Continue Lendo!

Blá Blá Blá – Metas, Resoluções e o perigo de não viver

Por , 2 de janeiro de 2017 11:31

Feliz 2017, Pessoal!
Espero que tenham tido uma virada de ano especial e se não tiverem…bom. é só mais um dia.

cca6fcb9c8390da9a407784fe09a7aca

Eu sou uma pessoa que me cobro muito. O que geralmente não espero de outras pessoas, quero que eu faça o dobro ou que não deixe de fazer. É uma bênção e uma maldição.

Continue Lendo!

Retrospectiva 2016 – Lista de Leituras

Por , 30 de dezembro de 2016 13:00

sam_4224

Quando o ano começa, podemos até tentar planejar algumas leituras em conjunto que costumam acontecer, mas a medida que o ano vai ficando mais complicado e corrida para uns, é difícil entrar em um consenso do que um quer/consegue ler em determinado momento.

Com isso, as leituras da equipe são diversificadas e olhando para lista de cada um dá para perceber uma diferença de leituras e ritmo de cada uma. Thais e Sabrina conseguiram passar as suas metas estipuladas enquanto a Fanny ficou alguns números atrás e sabe que precisa diminuir o seu número para o próximo ano.

Veja Também:

Os Melhores Livros do Ano

Só que e as nossas rotinas deixam as nossas listas diversas, há algumas similaridades, como uma queda gigantesca por romances históricos e contemporâneos e clássicos da literatura pipocando aqui e ali.

Entre os Romances e os Clássicos: O ano da Sabrina

Continue Lendo!

Retrospectiva 2016 – O Melhor do Café: Livros

Por , 30 de dezembro de 2016 12:30

E finalmente….os livros!

paraty

Temos muito interesses e sabemos da importância de sair e viver a vida, mas ainda há poucas experiências que se comparam com a de sentar e ler um livro, que ainda não encontramos nada pode substituir.

Quando abrimos as páginas de uma nova história, podemos ler em ‘uma sentada’, demorar alguns meses, ter que colocar metas diárias para vencer ou até mesmo abandonar por alguns meses para depois retomar.

Acontece que mesmo quando um livro nos é recomendado nunca sabemos como aquela história vai nos encantar, fascinar ou nos impressionar.

O ano de 2016 foi importante porque juntas vencemos um grande desafio, Guerra e Paz, e mesmo com todas as colocações que faremos em breve aqui no blog, o livro ainda entra como um dos melhores livros do ano.

Sim, é gigante, mas vale a pena.

E junto com Tolstói, descobrimos grandes escritores que passavam batido nas livrarias/biblioteca e agora são queridos, romances que nos fizeram suspirar e antigos e novos gêneros que vieram bater na nossa porta e entrar novamente nas nossas listas de prioridades.

Veja Também:

Lista de Leitura de 2016

Fechamos o ano com a nossa lista de TBR maior do que quando começamos, mas com a certeza de que estamos fazendo boas escolhas pelo caminho.

Nossos livros favoritos (sem nenhuma ordem especifica) são:

Sabrina

sabrina

 

 

Guerra e Paz de Liev Tolstói

David Copperfield de Charles Dickens

A Luz entre os Oceanos de M.L. Stedman

Os Luminares de Eleanor Catton

 

 

 

Thais

thais

 

 

Guerra e Paz de Liev Tolstói

A redenção de Lisa Kleypas

Champion de Marie Lu (Série Legend)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fanny

fannyAltos Voos e Quedas Livres de Julian Barnes (Favorito de todos!)

O Filho Eterno de Cristovão Tezza

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada de JK Rowling

Meio sol amarelo de Chimamanda Ngozi Adichie

O Quarto Dia de Sarah Lotz

A dama da Meia-Noite de Tessa Dare

A Metamorfose de Franz Kafka

Os Luminares de Eleanor Catton

 

 

 

 

Retrospectiva 2016: Nossa Playlist

Por , 29 de dezembro de 2016 12:31

playlist

Para encerrar esse ano, mas carregar as coisas que tiverem de boas, montamos uma playlist com as músicas favoritas do ano da nossa equipe.

Tem música nova, música lançada em 2015, mas que só começamos a amar esse ano, algumas da Rihanna, Twenty One Pilots e 3 (TRÊS) do Justin Bieber.

Sim, somos descoladas nesse nível e se a música é boa, ela é boa, não importa de quem seja.

Veja Também:

Melhores do Ano: Música

A playlist está disponível no Spotify e abaixo deixamos que as próprias músicas explicarem porque foram as nossas favoritas:

Same Ol’ Mistakes – Rihanna

“E eu sei que parece errado aceitar, Mas você tem que fazer isto, e ela tem seus arrependimentos

Not Today – Imagine Dragons (Trilha sonora de Como eu era Antes de Você)

E algo não acaba enquanto não tiver acabado, Eu não quero esperar por isso”

Colors – Halsey

“Você era vermelho e gostava de mim porque eu era azul, Você me tocou e de repente eu era um céu lilás, Então você decidiu que roxo apenas não era para você”

One Dance – Drake feat Kyla

“As ruas não são seguras, Mas eu nunca fujo, Mesmo quando estou longe, Fora da cidade, fora da cidade, nunca tem muito amor quando saímos da cidade”

Work – Rihanna feat Drake

“Você tirou meu coração da manga para por na decoração, Você confundiu meu amor, eu te trouxe para o que eu sou de verdade”

Pillowtalk – Zayn

“Então vamos deixar os vizinhos bravos, No lugar que sentimos as lágrimas, No lugar para se perder os medos”

Ophelia – The Lumineers

“Oh, Ophelia, Céu ajuda o tolo que se apaixona.”

tumblr_o2z8l7fi5y1rjhh5ho1_500

Continue Lendo!